Porto Velho (RO) terça-feira, 2 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Política

Pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho n UNIRON


Estão abertas as inscrições para o curso de Pós-graduação “Lato Sensu” em Engenharia de Segurança do Trabalho, oferecido pela UNINTES-UNIRON. O curso, segundo o engenheiro agrônomo e diretor da Instituição, Fernando Fernandes, tem o objetivo de capacitar engenheiros, agrônomos e arquitetos para atuarem como consultores e autônomos em empresas públicas ou privadas com medidas preventivas visando dar segurança, saúde e proteção ao trabalhador, bem como preservar o meio ambiente.

Segundo Fernando Fernandes, são inúmeras as solicitações de empresas que necessitam organizar seus sistemas especializados em segurança e medicina do trabalho. O engenheiro aborda os crescentes custos com acidentes e doenças ocupacionais como fator determinante para que empresas invistam em segurança e saúde no ambiente de trabalho. “Se um indivíduo trabalha em condições precárias, o seu desempenho em termos de qualidade e produtividade estará comprometido, além disso, os prejuízos à sua saúde e à empresa, na qual trabalha, se estendem a toda a sociedade, pois esta, também, depende da sua atividade de trabalho”, explica Fernando Fernandes.

Outro fator, segundo Fernandes, que fomenta a idéia de oferecer a engenheiros, agrônomos e arquitetos o curso de Pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho é a fase de crescimento do setor produtivo em Rondônia. “Com a implantação de obras como o Gasoduto Urucum-Porto Velho, e as hidrelétricas de Jirau e Santo Antonio, dentre outras, nasce a demanda por profissionais instruídos a cerca das normas de prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho”, salienta.

Habilidades

Segundo Fernandes, a UNINTES-UNIRON em consonância com o sistema CONFEA/CREA/RO e com o Conselho Nacional de Educação atende a todas as exigências para a implantação do curso em Porto Velho. O curso possui 600 horas de duração e disciplinas voltadas ao desenvolvimento e execução de ações gestoras integradas de antecipação, avaliação e controle de riscos ambientais nos locais de trabalho e nas atividades laborais.

“Este é o único curso em regime de Pós-graduação que oportuniza uma nova habilitação técnica a esses profissionais, além disso, amplia as possibilidades de atuação através do aperfeiçoamento e do desenvolvimento de novas habilidades”, informa Fernando Fernandes. As aulas estão previstas para a segunda quinzena de março. As inscrições estão sendo feitas no Escritório de Relacionamento, situado na Avenida Carlos Gomes, esquina com Joaquim Nabuco, Centro, e no campus I da UNIRON, na Avenida Mamoré, nº. 1.520, no bairro Cascalheira. Informações pelos telefones 3221-5001, 3219-6021, 3219-5040, 3217-6061.

 Fonte: Dalton Di Franco

 
 

Mais Sobre Política

Deputado Adelino vistoria obras na RO-144 (B-40 Sul) Joelândia, RO-010 (LC-20) e RO-140

Deputado Adelino vistoria obras na RO-144 (B-40 Sul) Joelândia, RO-010 (LC-20) e RO-140

No sábado (30) o deputado estadual Adelino Follador (DEM) esteve percorrendo algumas rodovias do Vale do Jamari, entre as que o parlamentar tem interm

Deputado Exalta Servidores do TJ/RO e Critica Omissão da Diretoria do Sinjur

Deputado Exalta Servidores do TJ/RO e Critica Omissão da Diretoria do Sinjur

A última semana foi de intensa articulação na Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, onde vários Sindicatos compareceram em busca de apoio pa

Adelino Follador volta à cobrar da Seduc a distribuição da merenda escolar para as famílias

Adelino Follador volta à cobrar da Seduc a distribuição da merenda escolar para as famílias

O deputado Adelino Follador (DEM) voltou a cobrar, na terça-feira (26), da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que disponibilize imediatamente o

Deputado Dr. Neidson pede mais apoio para o setor de saúde do município de Guajará-Mirim

Deputado Dr. Neidson pede mais apoio para o setor de saúde do município de Guajará-Mirim

O deputado Dr. Neidson (PMN), na sessão ordinária desta terça-feira (26), disse que Governo do Estado assumiu a saúde em Guajará-mirim, mas a situ