Porto Velho (RO) sexta-feira, 10 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política Sindical

Servidores federais e sindicalistas descontentes coma atual gestão registrarão chapa de oposição no SINDSEF


Servidores federais e sindicalistas descontentes coma atual gestão registrarão chapa de oposição no SINDSEF - Gente de Opinião

O processo eleitoral do Sindicato dos Servidores Federais (SINDSEF), de Rondônia, ocorrerá entre o período das festividades de final de ano e o Carnaval. O edital convocando as eleições foi publicado no dia 13 de dezembro, com inscrições de chapas de 6 a 10 de janeiro e a votação acontecendo no próximo dia 20 de fevereiro, um dia antes das festas carnavalescas. Um grupo de servidores de base e alguns membros do atual mandato, descontentes com a atual gestão, liderados pelo servidor e sindicalista Paulo Vieira, irão registrar uma chapa de oposição para concorrer no pleito eleitoral da entidade.

O SINDSEF possui aproximadamente dezoito mil servidores federais em sua base, dos quais 14.500 são filiados à entidade. Nas últimas eleições o número de votantes foi muito baixo, não chegando a 5.500 filiados, cerca de um terço do total. Paulo Vieira explica que esse baixíssimo número de votantes se deve ao período de eleições, durante as festas de fim de ano e as vésperas do Carnaval, quando a maior parte da categoria está em recesso ou férias. O primeiro compromisso da chapa de oposição é propor uma reforma estatutária, para mudar as eleições para o mês de novembro, com posse em 1º de dezembro, diminuindo em quatro meses a duração do próximo mandato.

Outro aspecto considerado importante pra chapa oposicionista é questão da política partidária: “Dentro do sindicato não teremos uma opção por sigla partidária ou ideologia, seja de esquerda, direita ou extrema-direita, nosso partido será o servidor; pois quem apoiar os servidores será aplaudido e quem atacar os direitos da categoria será denunciado e os servidores mobilizados, independente de governos ou do partido dos parlamentares federais”, garante Paulo Vieira. O sindicalista, também, está assumindo o compromisso de não usar o SINDSEF como “trampolim político” e garante que não será candidato a cargo político enquanto ocupar o cargo de presidente, se eleito e/ou reeleito.

A oposição entende que a categoria anseia por renovação no SINDSEF, pois o grupo da atual diretoria já se perpetua no poder há aproximadamente 15 anos, com os mesmos integrantes, apenas fazendo um rodízio nos cargos. “Os nossos filiados estão decepcionados com essa direção, que atualmente não resolve os principais problemas dos sindicalizados”, informa Vieira. O grupo de sindicalistas de oposição, a grande maioria nunca participou de nenhum cargo de direção, vem com propostas novas para o conjunto de filiados. O grupo oposicionista é composto por servidores de vários órgãos e servidores transpostos, que também irão participar da “chapa da mudança”, propondo um sindicato mais ágil e que dê resposta imediata aos filiados.

A chapa de oposição, liderada pelo sindicalista Paulo Vieira, pretende colocar novamente o SINDSEF como instrumento de luta e conquistas para a categoria. “Não podemos deixar o nosso sindicato virar vítima da manipulação partidária e muito menos trampolim político para projetos pessoais, visto que já foi usado muito por alguns que por lá passaram; por isso, a hora da mudança é agora, acredito que nós podemos fazer a diferença”, garante Paulo Vieira.

Mais Sobre Política Sindical

Sindicatos ganham na justiça o direito de servidores do Fisco trabalharem Home Office

Sindicatos ganham na justiça o direito de servidores do Fisco trabalharem Home Office

O Juiz do Trabalho Titular, José Roberto da Silva deferiu nesta quarta-feira, 10, o Mandado de Segurança com pedido de liminar, impetrado pelo Sindi

Sindicatos discutem a eficácia da lei que suspende os empréstimos consignados

Sindicatos discutem a eficácia da lei que suspende os empréstimos consignados

Com objetivo de assegurar a estabilidade econômica da população de Rondônia, no último dia 22 de abril o Governador Coronel Marcos Rocha, sancionou a

Associação Amigos e Câmara Divulgam Carta sobre Planos de Saúde

Associação Amigos e Câmara Divulgam Carta sobre Planos de Saúde

A Câmara Municipal de Porto Velho, realizou na última sexta-feira (14), um evento inédito na capital, um fórum de debates com os servidores do TJ/RO