Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Orlando Júnior: Lei do dedo limpo


 
Com o advento da “Lei da Ficha Limpa”, estou propondo a criação também da “Lei do dedo limpo”.

Em outras palavras o que quero dizer é, o sujeito que tem dedo sujo jamais poderá ter moral para apontar o defeito dos outros.

Vejo que algumas figurinhas carimbadas de governos passados, hoje apenas criticam e com maior cada de pau, chamam outros colegas de ladrões.

Ora bolas...

Que moral tais figurinhas possuem para chamar alguém de ladrão, possuindo um patrimônio que deixa margem para todas as dúvidas possíveis e imagináveis.

São assalariados e jamais poderiam ter amealhado tanta fortuna....Clique e leia a coluna do advogado e professor de Opinião Orlando Júnior.



 

Mais Sobre Política

Presidente Laerte Gomes anuncia R$ 800 mil para construção de UBS durante visita ao frigorífico Rio Beef

Presidente Laerte Gomes anuncia R$ 800 mil para construção de UBS durante visita ao frigorífico Rio Beef

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Laerte Gomes (PSDB), visitou na manhã desta sexta-feira as instalações do frigorífico Rio Beef e an

Vereadora Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Vereadora Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Desde o início do seu mandato, a vereadora Cristiane Lopes (PP) tem cobrado uma solução definitiva para os problemas do Transporte Coletivo da Cap

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) e o governador Marcos Rocha (PSL) visitaram nesta quarta-feira (18) o canteiro de obras

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

“A Energisa submeteu os rondonienses a uma crise energética sem precedentes. Os prejuízos estão sendo contabilizados em todos os segmentos da econom