Domingo, 21 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

OAB-RO rejeita limitação de horário para advogado visitar preso


Em mais uma tentativa de esclarecer aos funcionários do sistema penitenciário quanto às prerrogativas profissionais dos advogados e alertar para os dispositivos da Constituição Federal que asseguram a indispensabilidade do advogado na administração da Justiça, a Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Rondônia participou de reunião na Vara das Execuções Penais para debater sobre portaria que limita o acesso dos advogados ao interior dos presídios. A portaria foi proposta pela Secretaria de Assuntos Penitenciários (Seapen) do Estado.

A reunião foi mediada pelo juiz titular das Execuções Penais, Sérgio William Teixeira, com participação do presidente da OAB-RO, Hélio Vieira, da Associação dos Advogados Criminalistas e funcionários da Seapen. Durante os debates, Hélio Vieira deixou claro que a Ordem não flexibiliza a questão das prerrogativas. "Abrir mão das prerrogativas é colocar a cidadania em risco", alertou o presidente da OAB-RO, acrescentando, entretanto, que a Ordem busca o entendimento como forma de harmonizar a relação com o sistema prisional.

"Só não podemos aceitar que, por deliberação pessoal, alguns funcionários tentem restringir o acesso do advogado ao preso. Esse é um direito do preso e uma prerrogativa da cidadania", acrescentou Hélio Vieira. O dirigente da OAB-RO adiantou que irá conversar com o secretário Gilvan Ferro, da Seapen, para que membros da Escola Superior de Advocacia ministrem palestras sobre prerrogativas profissionais aos agentes penitenciários e servidores do sistema prisional.

A portaria utilizada pelos agentes penitenciários como argumento para limitar o horário de visitas do advogado ao preso na Casa de Detenção José Mário Alves não foi assinada pelos dirigentes da OAB-RO. "Não houve consenso em alguns pontos e, por isso, a portaria não foi assinada", explicou a presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas da entidade da advocacia, Keila Maria de Oliveira. Será agendada uma nova reunião para debater a portaria. 

Gente de OpiniãoDomingo, 21 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Assembleia Legislativa aprova R$ 20 milhões para Instituto de Previdência

Assembleia Legislativa aprova R$ 20 milhões para Instituto de Previdência

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou o Projeto de Lei 526/2024, de autoria do Poder Executivo, que destina mais de R$ 20 milhões par

PEC que regula afastamento de servidores públicos no período eleitoral é aprovada na Alero

PEC que regula afastamento de servidores públicos no período eleitoral é aprovada na Alero

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou nesta sexta-feira (19) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 12/2024, de autoria coleti

Deputado Ribeiro do Sinpol destina emenda para governador Jorge Teixeira

Deputado Ribeiro do Sinpol destina emenda para governador Jorge Teixeira

Pelo segundo ano consecutivo, a Exposição Agropecuária de Jorge Teixeira (Expojorge) foi realizada com sucesso no município. Para a realização do ev

Eleições 2024: MP Eleitoral busca garantir cumprimento de cota de gênero em Rondônia

Eleições 2024: MP Eleitoral busca garantir cumprimento de cota de gênero em Rondônia

O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) expediu a Instrução PRE/RO nº 01/2024 aos promotores eleitorais em Rondônia, com o objetivo de assegur

Gente de Opinião Domingo, 21 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)