Porto Velho (RO) quarta-feira, 22 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política

OAB preocupada com brutalidade perpetrada contra o presidente da Subsecção de Cacoal


A Ordem dos Advogados do Brasil em Rondônia está acompanhando de perto as
investigações sobre o assassinato do presidente da Subseção de Cacoal, advogado
Valter Nunes de Almeida, executado a tiros no início da tarde de sexta-feira.
Mesmo consternados com o assassinato do colega e chocadas com a brutalidade
e violência que tem vitimado os advogados em Rondônia, conselheiros federais,
vários conselheiros estaduais da Ordem, membros do Tribunal de Defesa das
Prerrogativas e da Comissão de Direitos Humanos e representantes da diretoria
executiva estão em Cacoal desde sexta-feira, prestando apoio e acompanhando
os primeiros passos das investigações.

De Brasília, onde se reuniu com o presidente nacional da OAB, Cézar Britto,
o presidente da Seccional Rondônia, advogado Hélio Vieira, determinou, por
telefone, todas as providências dos membros da Ordem para prestar o necessário
apoio aos familiares e para acompanhar as investigações. Também por telefone,
Hélio manteve contato com as autoridades de segurança, com membros do Judiciário
e acionou os conselheiros federais Pedro Origa Neto, Orestes Muniz Filho
e Gilberto Piselo.

Hélio disse que é prematuro apontar, neste momento, qualquer indício que
possa direcionar o trabalho de investigação e sabe que a polícia não desprezará
nenhuma hipótese. Ele lembra que advogado é um profissional que, no exercício
de seu mister, pode desagradar a algumas pessoas e, por isso, as investigações
acontecem em várias frentes. Temos confiança que os executores e os mandantes,
se houver, logo serão presos e apresentados à sociedade, prevê o presidente
da OAB.

A presidente do Tribunal de Defesa das Prerrogativas, advogada Keila Maria
da Silva Oliveira, disse, neste sábado, durante o velório de Valter Nunes,
na Câmara de Vereadores de Cacoal, que a investigação conduzida pela Polícia
Civil e pela Polícia Militar está adiantada e está contando com a colaboração
da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Federal. Ela assegura, no entanto,
que por enquanto a polícia não descarte nenhuma hipótese como linha de investigação.

A chegada da esposa de Valter, Vera Lúcia Almeida, e os filhos está sendo
aguardada para as 17 horas deste sábado, momentos antes do sepultamento,
marcado para as 18 horas. Ela foi obrigada a se deslocar de carro a partir
de Brasília, de onde o apagão aéreo não permitiu que ela decolasse para Rondônia
e conseguiu embarcar em uma pequena aeronave a partir de Mato Grosso.

O conselheiro federal e ex-presidente da Seccional Rondônia da OAB, Orestes
Muniz, de Manaus, onde cumpria compromissos profissionais, manifestou sua
solidariedade à família e conclamou os advogados à vigilância e à união para
combater a violência.

Fonte: Carlos Araújo

Mais Sobre Política

MP recomenda que Prefeito de Monte Negro adote medidas de combate ao nepotismo

MP recomenda que Prefeito de Monte Negro adote medidas de combate ao nepotismo

O Ministério Público de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Ariquemes, expediu recomendação ao Prefeito de Monte Negro, Evandro Marques da

Governo de Rondônia encaminha ao STF pedido de análise de proposta de renegociação da dívida do Beron

Governo de Rondônia encaminha ao STF pedido de análise de proposta de renegociação da dívida do Beron

Após a assinatura do sétimo termo aditivo de repactuação da dívida do Banco do Estado de Rondônia (Beron), foi questionado pela União o pagamento do v

Feminicídio é destaque da Semana da Justiça pela Paz em Casa

Feminicídio é destaque da Semana da Justiça pela Paz em Casa

O caso de uma adolescente de 17 anos, morta em Cerejeiras(RO), é um dos júris em que o Ministério Público pretende provar a ocorrência de feminicídio

Procurador-Geral de Justiça do MPRO participa de reunião com a presidente do STF sobre Cadastro nacional de Presos

Procurador-Geral de Justiça do MPRO participa de reunião com a presidente do STF sobre Cadastro nacional de Presos

O Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Rondônia, Airton Pedro Marin Filho, participou na tarde de segunda-feira (20/08) da r