Porto Velho (RO) quinta-feira, 15 de abril de 2021
×
Gente de Opinião

Política

OAB lamenta morte de advogado e cobra maior segurança em Buritis


A Ordem dos Advogados do Brasil em Rondônia lamentou, nesta quarta-feira, o assassinato do advogado Orli Rosa, na Comarca de Buritis, e está cobrando rigorosas providências das autoridades policiais no sentido de elucidar o crime. A OAB entende ser necessário uma ação efetiva do Estado para garantir a segurança da população na região onde a violência e a criminalidade vem mostrando os dentes há muito tempo.

O advogado Orli Rosa foi assassinado em sua residência por volta das 2  horas de terça-feira por vários disparos de arma de fogo. A morte do advogado Orli foi comunicada a OAB na noite de terça-feira, quando o presidente seccional Orestes Muniz conversou por telefone com o delegado regional de Ariquemes, Antônio Sobral Gastão Neto.

Um dos primeiros advogados a se instalar em Buritis, Orli Rosa já havia sofrido ameaças de morte por causa das ações trabalhistas em que defendia trabalhadores. Na noite de terça-feira, enquanto se preparava para jantar, o advogado foi surpreendido por dois pistoleiros que invadiram sua residência e o assassinaram a tiros em frente a sua família.

Assim que tomou conhecimento da morte do advogado Orli Rosa, a diretoria da Subseção da OAB em Ariquemes, através da presidente Vanda Salete Gomes de Almeida e do secretário-adjunto Fernando Martins Gonçalves, mantiveram contato com o advogado José Roberto de Castro, delegado da OAB em Buritis, para se inteirar dos acontecimentos e conversaram o delegado regional da Polícia Civil, Antônio Sobral Gastão Neto.

Segundo Fernando Gonçalves, a equipe da Polícia Civil de Ariquemes se deslocou para Buritis ao amanhecer desta quarta-feira para os primeiros levantamentos da investigação sobre o crime.

A direção do Conselho Seccional da OAB manifesta sua preocupação com a onda de violência na região de Buritis, onde dezenas de trabalhadores já foram executadas e nem mesmo autoridades são poupadas.  Em maio deste ano, o juiz Danilo Augusto Kanthack Paccini, titular daquela Comarca também foi ameaçado de morte, merecendo na ocasião a divulgação de nota de repúdio contra as ameaças de solidariedade ao ameaçado.

O presidente da OAB Rondônia, advogado Orestes Muniz Filho, disse nesta quarta-feira, enquanto acompanhava as primeiras investigações do caso e coordenava o apoio da Subseção da OAB em Ariquemes aos familiares do advogado Orli Rosa, que está na hora do Governo do estado desenvolver uma operação policial na região, com o objetivo de garantir a tranqüilidade e a paz para os moradores.

Fonte:  OAB-RO

Mais Sobre Política

Reunidos em comissão geral, deputados aprovam o nome de Paulo Renato Haddad para presidência da Fapero

Reunidos em comissão geral, deputados aprovam o nome de Paulo Renato Haddad para presidência da Fapero

Em comissão geral realizada no Plenário das Deliberações na noite de terça-feira (13), os deputados aprovaram em votação nominal o nome de Paulo Ren

Deputados estaduais se reúnem com o governador Marcos Rocha, que anuncia o programa Tchau Poeira

Deputados estaduais se reúnem com o governador Marcos Rocha, que anuncia o programa Tchau Poeira

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), e os deputados estaduais, se reuniram na tarde desta terça-feira (13) com o gov

Presidente da ASSEJUS viabiliza recursos na ALE/RO para atender os servidores

Presidente da ASSEJUS viabiliza recursos na ALE/RO para atender os servidores

O Presidente da Assejus (Associação dos Servidores da Justiça no Estado de Rondônia), Brunno Oliveira, participou de uma reunião nesta terça-feira (

A hipocrisia de Marcos Rogério ajudou a enterrar a Lava Toga, e agora quer uma PEC para colocar freios no judiciário

A hipocrisia de Marcos Rogério ajudou a enterrar a Lava Toga, e agora quer uma PEC para colocar freios no judiciário

O senador por Rondônia Marcos Rogério (DEM), que ajudou a afundar a CPI da Lava Toga no Senado em novembro de 2019, agora tenta ser o pai de uma PEC