Terça-feira, 23 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Negada liminar a publicitário investigado pela Operação Dominó


A ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha indeferiu a liminar para libertar o publicitário Haroldo Augusto Filho, preso preventivamente por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) na Operação Dominó. A decisão foi proferida no Habeas Corpus (HC) 89443. A prisão, ocorrida em Porto Velho (RO), em 4  de agosto, foi decretada no curso da Representação 349, em trâmite no STJ.

A ministra observou que a prisão do publicitário foi decretada em razão de investigação feita pela Polícia Federal, com acompanhamento do Ministério Público, que representou ao Superior Tribunal de Justiça, requerendo a prisão preventiva dos investigados. Para Cármen Lúcia, o decreto de prisão determinada pelo STJ estaria bem fundamentado, inclusive com as condutas atribuídas a Haroldo.

Haroldo Augusto Filho foi denunciado pelo Ministério Público em processo que apura o desvio de recursos públicos da Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia no contrato por ela celebrado com uma empresa.

Assim, Cármen Lúcia entendeu ser descabida a análise aprofundada das acusações contra o publicitário contidas no decreto de prisão expedido pelo STJ. "Verifica-se, no caso, que não há como se concluir liminarmente pela ausência de fundamentação, pois o decreto de prisão preventiva acostado aos autos pelos Impetrantes está longamente baseado num conjunto de dados e razões que levaram a autoridade tida por coatora àquela conclusão", afirmou a ministra.

Fonte: STF - CG/RB

Leia mais:

10/08/2006 - 21:15 - Publicitário preso na Operação Dominó pede no STF revogação de prisão preventiva

Gente de OpiniãoTerça-feira, 23 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Nota Oficial do Partido Social Democrático (PSD)

Nota Oficial do Partido Social Democrático (PSD)

O Partido Social Democrático (PSD) vem por meio desta comunicar que está alinhado com a pré-candidatura de Mariana Carvalho pela legenda UNIÃO BRASI

Assembleia Legislativa aprova R$ 20 milhões para Instituto de Previdência

Assembleia Legislativa aprova R$ 20 milhões para Instituto de Previdência

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou o Projeto de Lei 526/2024, de autoria do Poder Executivo, que destina mais de R$ 20 milhões par

PEC que regula afastamento de servidores públicos no período eleitoral é aprovada na Alero

PEC que regula afastamento de servidores públicos no período eleitoral é aprovada na Alero

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou nesta sexta-feira (19) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 12/2024, de autoria coleti

Deputado Ribeiro do Sinpol destina emenda para governador Jorge Teixeira

Deputado Ribeiro do Sinpol destina emenda para governador Jorge Teixeira

Pelo segundo ano consecutivo, a Exposição Agropecuária de Jorge Teixeira (Expojorge) foi realizada com sucesso no município. Para a realização do ev

Gente de Opinião Terça-feira, 23 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)