Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

'Não temos projeto pessoal, e sim projeto coletivo', diz Fátima na Caiari



Entrevistada hoje (26) no programa A Voz de Rondônia, da Rádio Caiari, a senadora Fátima Cleide falou sobre o embate eleitoral neste segundo turno, em Rondônia e no Brasil, sobre o resultado eleitoral obtido pelo PT e sobre suas ações no Senado Federal. Ao ser indagada pelo apresentador Edson dos Anjos se a notícia de sua ida para a Secretaria da Educação em suposta vitória de Confúcio Moura ao governo era mesmo verdade ou boato Fátima disse que o assunto não passa de especulação, “intensificado neste momento”, e que no acordo de apoio feito ao candidato peemedebista não existe lugar para “ganho pessoal”.

“Não temos, eu e o deputado Eduardo Valverde, projetos ”pessoais. Temos um projeto coletivo que se submete às diretrizes do Partido dos Trabalhadores. Somos um partido que tem projeto nacional, e somos um partido que tem lado. E neste momento nós entendemos que o Dr. Confúcio representa o melhor para Rondônia”, disse.

Indaga sobre qual seria então seu futuro projeto político, a senadora Fátima disse que sua obrigação e principal tarefa é trabalhar para eleger Dilma presidente. “Meu compromisso é esse. Política a gente faz no coletivo, e eleger Dilma é o melhor para o Brasil, pelo projeto de inclusão social que hoje é uma realidade em razão da gestão do presidente Lula”.

‘Mais de 27 milhões de pessoas saíram da pobreza. A redução da desigualdade está acontecendo. Então, não adianta eleger Confúcio e Serra que são políticas diferentes. É preciso eleger Dilma para avançarmos ainda mais no propósito de redução das desigualdades”, considerou Fátima.

Em outro momento da entrevista, ao responder a uma ouvinte que trouxe a mesma indagação, sobre a Seduc, Fátima disse que, no futuro, se vir a desenvolver “qualquer atividade política, o povo de Rondônia pode ter a certeza de que continuará atuando com muita responsabilidade e compromisso com a população”.

Justiça

Edson dos Anjos indagou sobre ações interpostas pelo PT contra o ex-governador Ivo Cassol, reeleito senador. “Sempre atuei com ética e na legalidade, sigo a lei. Eu tenho a esperança de que a justiça se faça. Na campanha, uma amiga minha, dona de escola particular, me convidou para fazer campanha na escola. Eu perguntei se ela tinha convidado os outros candidatos ao Senado. Ela então me disse que a escola era dela e ela convidava quem queria. Eu não fui”, contou a senadora.

A seguir, ela disse: “Tenho esperança de que a Justiça se faça. Mais uma vez esta eleição mostrou abusos e desrespeito ao eleitor. Estou buscando a justiça, e se a justiça acontecer estarei retornando ao Senado Federal”.

A senadora Fátima rebateu a afirmação de que muitas obras do Programa de Aceleração do Crescimento, PAC, estão paradas. “As obras em Rondônia estão aí, acontecendo. As hidrelétricas serão entregues, inclusive, em prazo menor. O que ocorre é que algumas obras têm ritmo reduzido devido o que ocorreu no passado – não se formou mão-de-obra qualificada. O que o Serra fala, do Fundo de Amparo ao Trabalhador, FAT, não passam de cursinhos que não qualificam para atender o que se necessita hoje no mercado”.

Fonte: Ascom
 

Mais Sobre Política

Biometria obrigatória encerrará no mês de setembro, em oito municípios de Rondônia

Biometria obrigatória encerrará no mês de setembro, em oito municípios de Rondônia

A Justiça Eleitoral em Rondônia encerrará, no mês de setembro de 2019, a última fase do processo de revisão biométrica do eleitorado do estado, com co

Cristiane Lopes fiscaliza demandas de Extrema e União Bandeirantes

Cristiane Lopes fiscaliza demandas de Extrema e União Bandeirantes

A vereadora Cristiane Lopes (PP) esteve nos Distritos de União Bandeirantes e Extrema para realizar o levantamento das demandas dos moradores das comu

Rondônia é o primeiro estado do Brasil a implementar Programa Criança Protegida

Rondônia é o primeiro estado do Brasil a implementar Programa Criança Protegida

Em busca de efetivar políticas públicas que, de fato, beneficiem a sociedade rondoniense, o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, e a primeira

Assembleia Legislativa aprova lei que garante o piso nacional aos professores da rede estadual

Assembleia Legislativa aprova lei que garante o piso nacional aos professores da rede estadual

Em duas votações, a Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade, na sessão desta terça-feira (10), o Projeto de Lei Complementar 31/19, de autor