Quarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Moreira Mendes visita ministra Marina Silva


Moreira Mendes defende preservação e recuperação do meio ambiente como alternativas de renda para produtores rurais
 
A recuperação de matas ciliares e de encostas, a recomposição de sistemas frágeis e outras formas de manejo florestal precisam se tornar alternativas de renda para as famílias que residem em áreas rurais, inclusive para os proprietários de terras, de grande ou pequeno porte. Foi o que defendeu hoje o deputado Moreira Mendes (PPS-RO) durante audiência com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. Segundo ele, o produtor rural precisa entrar na luta pela preservação dos recursos naturais, conciliando a produção com a preservação do meio ambiente.

Moreira Mendes lembrou que o estado de Rondônia foi criado a partir de um projeto de colonização diferente dos demais estados amazônicos. E apesar de ter havido avanços com a Medida Provisória n.º 2166 (que alterou o Código Florestal), muitos produtores ultrapassaram o limite de 50% permitido pela lei. "Agora, a responsabilidade de bancar a recuperação dessas áreas é do governo, uma vez que o produtor não dispõe de recursos", disse o deputado. Ele acrescenta que é preciso que sejam criados mecanismos compensatórios, como, por exemplo, cotas de financiamentos públicos destinadas especialmente à recuperação de áreas degradadas.

O deputado afirmou, ainda, que já há uma forte consciência de preservação ambiental entre os produtores rondonienses. No entanto, não há programas governamentais que promovam o envolvimento das associações, dos produtores rurais e das próprias comunidades em projetos dessa natureza. "Temos muitos problemas em Rondônia. Precisamos de um programa que envolva os jovens e os moradores da zona rural e lhes garanta um retorno financeiro. A criação de viveiros com recursos do governo federal, em convênio com prefeituras, associações rurais e assistência técnica da Emater, é uma boa alternativa". O mais importante, diz Moreira Mendes, é fazer com que o produtor rural veja que pode ter lucro com a floresta, através do manejo sustentado.

Medidas

A ministra Marina Silva, que foi companheira do deputado Moreira Mendes no Senado, elogiou bastante sua posição em defesa do meio ambiente e antecipou que estará apresentando ao governo, em breve, um conjunto de medidas para incentivar o manejo sustentado das florestas e dos recursos naturais. Como exemplos, ela citou o imposto de renda ecológico e a permissão do plantio de espécies exóticas na recuperação de matas ciliares. "Estou aqui para a gente trabalhar juntos numa agenda positiva. E no que depender de mim, o governo vai ter que fazer as coisas bem feito", disse ela.

 

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Alero começa a exibir reportagens especiais sobre a importância do homem do campo

TV Alero começa a exibir reportagens especiais sobre a importância do homem do campo

Em um esforço para destacar a importância da atuação parlamentar em prol de produtores rurais rondonienses, a TV Assembleia produziu uma série de r

Emenda do deputado Ribeiro movimenta mais de 500 atletas no campeonato estadual de Jiu-Jitsu

Emenda do deputado Ribeiro movimenta mais de 500 atletas no campeonato estadual de Jiu-Jitsu

O ginásio Cláudio Coutinho, em Porto Velho, recebeu entre os dias 08 e 09 de junho, mais de 500 atletas que participaram do Campeonato Estadual de J

Empresário Daniel Moraes Pit Bull anuncia pré-candidatura a vereador em Candeias do Jamari

Empresário Daniel Moraes Pit Bull anuncia pré-candidatura a vereador em Candeias do Jamari

O cenário político em Candeias do Jamari se aquece com a recente novidade da pré-candidatura do empresário Daniel Moraes Pit Bull, filiado ao partid

CCJR discute projeto sobre horários de provas de concursos públicos em Rondônia

CCJR discute projeto sobre horários de provas de concursos públicos em Rondônia

A Comissão de Constituição e Justiça e de Redação (CCJR) distribuiu e deliberou projetos durante reunião ordinária, na manhã desta terça-feira (11).

Gente de Opinião Quarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)