Domingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Moreira Mendes: Movimento pró-Rondônia precisa ser um fórum permanente


PORTO VELHO – O movimento pró-Rondônia, lançado nessa segunda-feira (12) na sede da Federação das Indústrias (Fiero), em Porto Velho, é uma iniciativa muito importante que deve ter continuidade. É o que defende o deputado federal Moreira Mendes (PPS-RO), um dos entusiastas da idéia. "Esse movimento precisa se tornar um instrumento permanente para discussão dos problemas de Rondônia, um fórum de debates, com o envolvimento de todos os segmentos organizados da sociedade, para que não fiquemos só no discurso", disse ele. O evento reuniu as bancadas federal e estadual, o governador Ivo Cassol, representantes dos municípios e de vários outros segmentos. A idéia do encontro partiu do deputado federal Eduardo Valverde (PT), atual coordenador da Bancada Federal no Congresso.

Moreira Mendes destacou o ineditismo do movimento pró-Rondônia, ressaltando que, em seus 35 anos no estado, nunca havia visto a classe política reunida em prol de um objetivo único. A participação de entidades como a Fiero, a Fecomércio e outras, segundo ele, é fundamental para que o movimento alcance os resultados esperados.

Ao pregar o diálogo aberto entre todos os agentes políticos e sociais rondonienses, o deputado lembra que os objetivos do estado devem estar acima de qualquer divergência política. E nesse sentido, afirma, Rondônia deveria se espelhar no vizinho estado do Acre, onde as divergências também existem, porém, "a classe política é unida na hora de conseguir recursos e benfeitorias".

Governos "viraram as costas para Rondônia"

O deputado também fez duras críticas ao tratamento dado pelo governo federal ao estado de Rondônia nos últimos anos. Na sua opinião, os governos Sarney, Itamar, Collor e Fernando Henrique simplesmente 'viraram as costas' para o estado, deixando de fazer os investimentos necessários, o que trouxe sérios prejuízos à população. Já o presidente Lula, disse Mendes, tem sido sensível no resgate dessa dívida histórica da União com o estado de Rondônia.

Fonte: Rodrigo Erse e Claudivan Santiago

 

Gente de OpiniãoDomingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Veja a análise do cenário político para as eleições de 2024 em Porto Velho, confira os nomes

Veja a análise do cenário político para as eleições de 2024 em Porto Velho, confira os nomes

À medida que as eleições municipais se aproximam em Porto Velho, a atenção se volta para os pré-candidatos que buscam se destacar nos diversos aspec

MPF emite parecer pela manutenção do mandato do Governador Marco Rocha

MPF emite parecer pela manutenção do mandato do Governador Marco Rocha

O MPF com atuação no TSE emitiu parecer em dois recursos propostos em face da decisão do TRE que julgou improcedente as ações que visavam cassar o m

Movimento liderado pela deputada Cristiane Lopes e a Sociedade Civil Organizada busca redução das passagens aéreas em Rondônia

Movimento liderado pela deputada Cristiane Lopes e a Sociedade Civil Organizada busca redução das passagens aéreas em Rondônia

Na última terça-feira (09), a deputada federal Cristiane Lopes (União Brasil) e a Comissão Céus Abertos, composta por entidades da sociedade civil o

Mudanças partidárias: confira a nova composição da Alero

Mudanças partidárias: confira a nova composição da Alero

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) comunica a mudança de filiação partidária de três deputados estaduais que integram a 11ª Legislatura. O

Gente de Opinião Domingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)