Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Miguel Monte lembra infância pobre na Paraíba e relata seu sucesso empresarial


Aconteceu na zona leste da capital, a primeira reunião de campanha do jornalista Miguel Monte, que conseguira lhe emocionar, ao relatar o sofrimento dos nordestinos que fogem da falta de oportunidades dos seus estados para "prosperar" nos rincões deste país.   

Contudo, ao relatar aos presentes da reunião a pobreza vista em Rondônia no dia a dia desta campanha eleitoral, o jornalista se emocionou quando argumentou que há 20 anos atrás as coisas eram mais acessíveis aos necessitados, no entanto, segundo Miguel, hoje em dia, Rondônia esqueceu dos seus moradores.

Lembrando da sua infância pobre, mas, afirmando que no seu estado natal, na época da sua juventude, a educação era prioridade, Monte falou que "só os estudos conseguem ofertar oportunidades aos jovens", e, afirmou categoricamente que como deputado irá lutar pelos interesses dos adolescentes.

"Se hoje eu sou um profissional de sucesso, devo isto a Rondônia que me deu estudo e trabalho, e quero que todos os jovens também tenham estas oportunidades". Disse o jornalista candidato.

Quem é Miguel Monte:

Miguel Monte é o décimo primeiro filho do funcionário público Ramiro Andrade, aposentado, após anos de trabalho no DER-PB, e, de Genilda Monte, (in-memorian) dona de casa, que criou seus filhos embasados nos rigores da fé católica. Monte nasceu em Itabaiana, interior da Paraíba, onde morou e estudou até os seus 12 anos de idade, quando se mudou com sua família para a capital, João Pessoa, assim, estudou em escolas públicas, quando entrou na concorrida escola técnica federal da Paraíba, para cursar edificações, nesta época já estudava francês e inglês em Ong´s do estado.  
Monte chegou a Rondônia em 1987, por intermédio do seu irmão David Monte, empresário do ramo de fotografia, em busca de oportunidade de emprego e com o intuito de tentar melhorar sua vida, na época, o seu estado natal atravessava uma crise sem precedentes na história; Trancando seus estudos e abandonando o emprego de office-boy na SONORA, uma empresa de fotografia da Paraíba, aos 17 anos inicia seus estudos na escola Rio Branco, em Porto Velho, no curso de contabilidade, no antigo segundo grau, ao mesmo tempo em que subia de cargo na empresa SONORA de Rondônia e já aos 18 anos exercia o cargo de "Chefe de unidade", uma espécie de gerente.

Miguel Monte não se contentou em viver no marasmo e sempre estudou a noite e trabalhou de dia, quando abandonou a SONORA, já em 1988, para exercer o cargo de "contabilista" do hotel RONDON PALACE, saindo um ano e meio depois, por não gostar da profissão de contador, sendo carinhosamente entendido pelos seus ex-patrões "Seu Jordelino" e "Dona Eliana", esta por sua vez, foi a patrocinadora dos principais cursos de especialização de Miguel Monte.

Querendo exercer uma profissão no ramo de comunicações, Miguel Monte foi aceito no quadro funcional do jornal Alto Madeira, através da então diretora Liz Maria Tourinho, na época o segundo jornal de maior circulação do estado. Já casado com uma rondoniense aos 19 anos, e o casal esperando seu primeiro filho, Miguel Monte adquire sua primeira residência e seu primeiro carro - Um fusca 77 - quando começa a despontar no ramo de comunicação.
Para espanto da família Tourinho, Miguel Monte pede demissão do jornal Alto Madeira e abre a sua primeira empresa, a M2 Publicidade Ltda, em 1990, de sociedade com a sua então esposa. Uma empresa que agenciaria publicidade para os veículos de comunicação. Daí em diante, Monte não parou mais e desde então lidera segmentos de mídias em Rondônia, Lista telefônica e outros setores do ramo de comunicação.

Hoje, no seu terceiro casamento, com a administradora de empresa Márcia Silveira, pai de quatro filhos rondonienses, aos 36 anos, Miguel Monte se diz preparado para devolver ao estado de Rondônia o que tanto recebeu: "muita prosperidade".

Mais Sobre Política

Presidente da Assembleia Legislativa assina homologação do concurso público

Presidente da Assembleia Legislativa assina homologação do concurso público

Laerte Gomes assinou a homologação; passo seguinte é criar comissão para proceder a convocaçãoA última etapa do concurso público da Assembleia Legis

Deputado Coronel Chrisóstomo pede maior celeridade na regularização fundiária de Rondônia

Deputado Coronel Chrisóstomo pede maior celeridade na regularização fundiária de Rondônia

Em reunião com o presidente do INCRA, General Jesus Correia, na última quinta-feira (21), o deputado federal Coronel Chrisóstomo solicitou maior cel

Senador Marcos Rogério visita Sindicato dos Jornalistas e apresenta seus projetos

Senador Marcos Rogério visita Sindicato dos Jornalistas e apresenta seus projetos

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Rondônia (Sinjor), na manhã desta quinta-feira (21), recepcionou em sua sede, em Porto Velho, o senador M

ANEEL vai analisar o aumento da energia - Especialistas em tiro no pé - SEDUC não chama 1.700 emergenciais

ANEEL vai analisar o aumento da energia - Especialistas em tiro no pé - SEDUC não chama 1.700 emergenciais

UMA TÊNUE LUZ NO FIM DO TÚNEL: ANEEL VAI ANALISAR DE NOVO O AUMENTO ABUSIVO DA ENERGIA ELÉTRICA EM RONDÔNIA.Ainda é tênue. Fraquinha. Pouco mais que u