Domingo, 23 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Magistrado inova na busca da celeridade da Justiça



Inovação e comprometimento, pontos marcantes detectados pela Corregedoria Geral de Justiça do Estado de Rondônia, na 2ª Vara Criminal de Cacoal, durante os trabalhos correicionais realizados de 24 a 26 na Comarca.

Fabiano Pegoraro Franco, titular da 2ª Vara Criminal e diretor do Fórum de Cacoal, vem procurando, sempre que possível, introduzir práticas mais modernas para facilitar os trabalhos. Há 4 anos trouxe do Rio Grande do Sul a idéia de gravar as audiências, método que vem sendo difundido em Rondônia. Ele explica que com a gravação as oitivas ficam mais rápidas e a permanência das partes e testemunhas nas dependências do fórum torna-se mais curta. Isso também possibilita a realização de um maior número de audiências em um dia. “Hoje o foco do judiciário é a celeridade, então esse método vem facilitando e possibilitando agilidade”, afirma.

A partir desta semana, Fabiano Pegoraro está dando mais um passo com base na recente modificação da Lei 11.719 do Código de Processo Penal, que prevê a não obrigatoriedade de transcrever as gravações efetuadas durante a audiência. “Agora somente serão anexadas as mídias aos processos, economia de tempo, de trabalho da secretária e até de papel. A grande vantagem é que as gravações permitem que seja anexado ao processo o que as testemunhas falaram de uma forma fidedigna”, comenta o juiz que equipou a sala de audiências com mesa de som e microfones.

Segundo o magistrado, na forma tradicional o juiz ouve, filtra e transcreve para a secretária. “Já nessa filtragem pode ficar alguma coisa perdida. Ela pode botar uma vírgula onde não existe, o que pode mudar todo o sentido de uma frase”, esclarece.

Ele conta que algumas justiças especializadas estão um passo mais a frente, utilizam recursos audiovisuais, o que permite que seja analisado até a reação da pessoa diante de uma pergunta. “O caminho hoje do judiciário é a informatização, nós temos que abandonar o papel”, finaliza.

Segundo a Corregedoria, as reformas feitas na legislação, nos últimos anos, contribuíram para agilizar a prestação jurisdicional. Porém, não basta somente a existência das leis, urge uma mudança de postura dos aplicadores do Direito.

Fonte: Ascom - TJ RO

Gente de OpiniãoDomingo, 23 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Dr. Aparício Carvalho Assume Presidência Estadual do Republicanos em Rondônia

Dr. Aparício Carvalho Assume Presidência Estadual do Republicanos em Rondônia

Em uma reconfiguração significativa do partido Republicanos, o empresário, médico psiquiatra, ex-deputado federal e ex-vice-governador de Rondônia,

Sebrae quer impulsionar o empreendedorismo no estado estreitando a parceria com parlamentares rondonienses

Sebrae quer impulsionar o empreendedorismo no estado estreitando a parceria com parlamentares rondonienses

Inspirado pela fala dos parlamentares da bancada federal de Rondônia, durante a 11ª Rondônia Rural Show Internacional, o diretor-superintendente do

Cristiane Lopes Indica Emenda Parlamentar para a Reforma do Complexo Poliesportivo Deroche em Porto Velho

Cristiane Lopes Indica Emenda Parlamentar para a Reforma do Complexo Poliesportivo Deroche em Porto Velho

A deputada federal Cristiane Lopes (União Brasil) celebrou a conclusão do projeto que dará início aos trabalhos de reforma e requalificação do Compl

Asdec realiza 3° Torneio de Pesca Esportiva em Cacoal

Asdec realiza 3° Torneio de Pesca Esportiva em Cacoal

A Associação Desportiva e Ecológica dos Pescadores de Cacoal (Asdec) promove no próximo domingo (23) seu 3º Torneio de Pesca Esportiva. A competição

Gente de Opinião Domingo, 23 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)