Sexta-feira, 12 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

MAB apresenta reivindicações à Ministra da Pesca



No final da tarde de ontem, dia 23, na sede da EMATER, em Porto Velho, a Ministra da Pesca e Aqüicultura, Ideli Salvatti, recebeu em reunião exclusiva a coordenação estadual do Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB/RO. Na ocasião o MAB apresentou uma plataforma de reivindicações relacionadas aos impactos e conseqüências da construção das Usinas Hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau naMAB apresenta reivindicações à Ministra da Pesca - Gente de Opinião pesca artesanal.

Participaram ainda da reunião a Secretaria Geral da Presidência da República, através da Srta. Juliana Miranda, o Secretário do Ministério da Pesca e Aqüicultura de Rondônia, Jener Tavares, e o assessor do Deputado Federal Padre Tom, Jair Druxeel.

O MAB expôs o agravamento das condições de vida dos pescadores e ribeirinhos no estado, a desestruturação da pesca das famílias tradicionais e os passivos ambientais causados pelas obras, denunciando as limitações das ações de estudo dos impactos e o processo de criminalização dos movimentos sociais realizado pela empresa SUEZ, em Jirau.

A necessidade da implantação de um Programa de Reestruturação e Desenvolvimento das Comunidades Atingidas pelas usinas está entre as principais reivindicações do movimento. Na plataforma de reivindicações, que contém 27 pontos, a coordenação do MAB apresentou à ministra a necessidade de ações para reestruturação e fortalecimento da pesca para as famílias atingidas, como a oferta de estruturas para beneficiamento e comercialização do pescado e a instalação de criatório de pescado nos lagos da barragem.

A Ministra reforçou seu discurso feito ontem durante a abertura do Workshop Políticas de Pesca e Aqüicultura. “O que estamos construindo aqui em Rondônia só pode ser entendido como consequência e continuidade do decreto presidencial assinado por Lula no final do ano, conquista histórica do MAB. Para nós, trabalho e renda é mais importante que geração de energia”, disse a ministra.

Ao final da reunião ficou acordado a construção de uma agenda de reuniões nacionais entre uma Comissão Interministerial e o MAB para negociação das reivindicações. Conforme Walisson Rodrigues, militante do MAB, neste período de execução das ações compensatórias e de redefinições das políticas governamentais, a construção das usinas hidrelétricas passam a servir de vitrine nacional das empresas e governo. “Nós entendemos que em Porto Velho se aprofunda o quadro de passivos ambientais e a permanência de um padrão de violação dos direitos humanos”, disse.

Fonte: Wallison Rodrigues

 

Gente de OpiniãoSexta-feira, 12 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Deputada Rosana Valle propõe que condenados por crimes hediondos passem mais tempo na prisão

Deputada Rosana Valle propõe que condenados por crimes hediondos passem mais tempo na prisão

A deputada federal Rosana Valle (PL-SP) protocolou, nas últimas horas, um projeto de lei que aumenta o tempo em regime fechado para criminosos, mesmo

Deputada Cristiane Lopes impulsiona esporte nos distritos de São Carlos e Rio Pardo com entrega de materiais e investimentos

Deputada Cristiane Lopes impulsiona esporte nos distritos de São Carlos e Rio Pardo com entrega de materiais e investimentos

No intuito de promover o desenvolvimento do futebol amador e fortalecer as comunidades locais, a deputada federal Cristiane Lopes, representante do

Deputado Alex Redano indica realização urgente de cirurgias artroplastia total do quadril

Deputado Alex Redano indica realização urgente de cirurgias artroplastia total do quadril

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) indicou ao Poder Executivo, extenso à Casa Civil e à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), a necessi

Alero aprova reajuste salarial de 3,62% para técnicos e analistas educacionais do Estado

Alero aprova reajuste salarial de 3,62% para técnicos e analistas educacionais do Estado

O Projeto de Lei Complementar 67/2024, que reajusta o vencimento básico dos técnicos e analistas educacionais do estado em 3,62%, foi aprovado pelos

Gente de Opinião Sexta-feira, 12 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)