Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Política

JUSTIÇA RÁPIDA EM PORTO VELHO: Triagem hoje


Começa nesta quinta-feira (31) a triagem dos casos para serem resolvidos durante a Mega Operação Justiça Rápida Itinerante em Porto Velho, que acontece no dia 16 de junho em todo o Estado de Rondônia.

Na capital a triagem acontece nos dias 31 de maio, primeiro de junho e de 4 a 6 de junho. Uma equipe composta por 16 serventuários da Justiça começa a receber pedidos judiciais de pequenas causas, assim como, fazer a seleção dos casos na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Profº. Roberto Duarte Pires, situada na rua Osvaldo Lacerda, 5859 – Bairro Caiari, a partir das 8 horas desta quinta-feira (31). O atendimento à população se estende até as 18 horas.

Na sexta-feira, 1º junho, a triagem vai acontecer na Escola Marcelo Candia, na rua Patrolina, 10.804, Bairro Marcos Freire. Na próxima segunda-feira, 4 de junho, a equipe da Justiça Rápida vai atender na Escola Estudo e Trabalho, situada na rua Alexandre Guimarães, 1340, Bairro Areal.

O penúltimo atendimento pela equipe da Justiça Estadual vai ser, dia 5 de junho, na Escola Joaquim Vicente Rondon, situada na Rua Garopa, 2616, Bairro Jardim Eldorado. Já o último atendimento para realização de triagem, em Porto Velho, vai ser na Escola Osvaldo Piana, na Rua Montes Claros, 6614 – Bairro Nacional, dia 6 de Junho.

A Coordenação da Operação Justiça Rápida, em Porto Velho, recomenda às pessoas interessadas, em resolver questões de pequenas causas via judicial, levarem ao local de triagem xerox de documentos pessoais (RG e CPF) e comprovantes relativos ao pedido pleiteado.

Os casos selecionados vão ser decididos em audiência de conciliação e julgamento na Escola Padrão, situada na Avenida Amazonas, 6363 – Bairro Cuniã, dia 16 de junho.


JUSTIÇA RÁPIDA: triagem em Buritis

A equipe da Justiça Rápida da Comarca de Buritis está realizando, nesta quarta-feira (31), o terceiro dia de triagem dos pedidos judiciais, os quais vão ser decididos em audiência de conciliação e julgamento na Mega Operação programada para o dia 16 de junho, próximo.

A triagem no município de Buritis começou segunda-feira (28) e se estende até sexta-feira, 1º de junho. O atendimento aos moradores está acontecendo no Fórum de Buritis, na rua Taguatinga, 1380 – Setor 03.

De acordo com a Coordenação da Justiça Rápida em Buritis, paralelo às audiências, dia 16 de junho, em parceria com a Prefeitura Municipal, o Instituto de Identificação e com o Cartório de Registro Civil local, haverá expedição de Carteira de Identidade, aferição de pressão arterial, cortes de cabelos e emissão de Certidão de Nascimento.

Fonte: Imprensa TJ/RO

Mais Sobre Política

Presidente Laerte Gomes cria Fundo Especial do Poder Legislativo de Complementação ao Fundo Financeiro do Iperon

Presidente Laerte Gomes cria Fundo Especial do Poder Legislativo de Complementação ao Fundo Financeiro do Iperon

Comandada pelo presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Laerte Gomes (PSDB) as duas sessões extraordinárias realizadas na manhã desta segun

Ismael Crispin apoia verba indenizatória para profissionais que atuam no tratamento da Covid-19

Ismael Crispin apoia verba indenizatória para profissionais que atuam no tratamento da Covid-19

Nesta segunda-feira (18), em sessão extraordinária na Assembleia Legislativa, o deputado Ismael Crispin (PSB) votou favorável ao projeto de autoria do

Sancionada lei do deputado Alex Silva que inclui o evento “Marcha para Jesus” no calendário cultural oficial do estado de Rondônia

Sancionada lei do deputado Alex Silva que inclui o evento “Marcha para Jesus” no calendário cultural oficial do estado de Rondônia

Na última terça-feira (12) foi sancionada pelo Governo de Rondônia e publicada no Diário Oficial, a Lei Nº 4.939, de autoria do Deputado Estadual Al

Cirone Deiró defende plano emergencial para o enfrentamento da Covid-19

Cirone Deiró defende plano emergencial para o enfrentamento da Covid-19

Em reunião com o secretário de saúde do estado, Fernando Máximo e o chefe da casa civil, Júnior Gonçalves, o deputado Cirone Deiró cobrou a execução d