Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Josenildo e Ênedy são promovidos a Tenente Coronel


 
O comandante do Batalhão de Polícia Militar Ambiental, Josenildo Jacinto do Nascimento, recebeu a promoção de tenente coronel, pelo critério de merecimento. O documento organizado pelo comando geral da Polícia Militar de Rondônia, que regulamenta a Lei de promoção, foi assinado pelo governador Ivo Cassol, com data retroativa ao dia 21 de abril, em homenagem a Tiradentes, patrono das Polícias Militares.

Ao cargo de tenente coronel foi promovido ainda, pelo critério de merecimento, o major Ênedy Dias de Araújo, assessor militar da Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia. Outras promoções foram assinadas pelo governador, pelo critério de antiguidade e merecimento.

Promovido a major no dia 25 de agosto de 2001, a promoção para o cargo de tenente coronel foi esperada com grande expectativa pelo efetivo do Batalhão Ambiental e amigos do comandante. “Considerando ser um comandante preocupado com suas responsabilidades para com seus superiores, com as autoridades constituídas do Estado e com o estrito cumprimento das ordens e orientações recebidas, sempre coerentes com os mandamentos constituídos e legais que informam a atividade dos que agem em nome do Estado, para o bem-estar da sociedade e por um meio ambiente ecologicamente equilibrado, Josenildo recebe os cumprimentos pela conquista merecida”, ressalta sua assessora Marlene Matos.

Bacharel em Direito e pós-graduado em Metodologia do Ensino Superior, aperfeiçoado em Direito Ambiental, além de uma extensa pasta contendo centenas de certificados de cursos profissionalizantes, o tenente coronel Josenildo é, no Estado de Rondônia, o profissional mais qualificado para exercer sua profissão. “Seu amplo conhecimento em Leis de crimes ambientais, facilitando seu desempenho profissional, assumindo consigo mesmo o compromisso de fazer o melhor pela Corporação e cumprir o juramento assumido perante a Bandeira Nacional, faz do nosso comandante, o oficial mais preparado para comandar o policiamento ambiental do Estado de Rondônia”, ressalta o sub tenente PM Lucindo Martins, frisando não conhecer no Estado, quem melhor entenda de meio ambiente.

Um almoço foi oferecido para prestigiar os oficiais promovidos, no Restaurante Refúgios (Mangabeira), em Candeias do Jamari, com a presença de policiais militares, policiais civis e autoridades, dentre elas o presidente do Iperon e amigo professor César Licório, a gerente adjunta do IBAMA, Nanci Maria Rodrigues da Silva e o capitão Pedro Simplício, que se emocionou ao falar do amigo e companheiro de trabalho. O diretor da Rádio ACBNH 106,3, Amaral Júnior e o locutor Jadir Silva também prestigiaram o evento comemorativo.

Fonte: Marlene Mattos

Mais Sobre Política

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Após a vereadora Cristiane Lopes (PP) ir até o Ministério Público Estadual (MP/RO), para relatar os problemas das obras de pavimentação dos bairros Fl

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mais de 1700 parlamentares e parceiros da ONU e da sociedade civil de todo o mundo estão reunidos em Belgrado, na Sérvia, onde acontece a 141ª Assembl

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

A Comissão de Educação e Cultura (CEC), da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (16), para deliberar projetos e voltou a di

Liderança na produção do cacau depende da vontade política, aponta debate

Liderança na produção do cacau depende da vontade política, aponta debate

A volta do protagonismo brasileiro na produção de cacau depende de mais investimentos em pesquisa e de ações como o fortalecimento da Comissão Executi