Porto Velho (RO) quarta-feira, 27 de maio de 2020
×
Gente de Opinião

Política

João Paulo II com plantão reforçado para as festas de final de ano


O Hospital e Pronto-Socorro Estadual João Paulo II (JPII)   preparou a escala de plantão, reforçada, para as datas festivas de final de ano. A unidade, aumentou o número de profissionais, envolvidos no atendimento a população. O objetivo do Governo de Rondônia é suportar a demanda de pacientes, que aumenta no período do Natal e do Ano Novo. O trabalho envolverá médicos clínicos e especialistas, enfermeiros e auxiliares. A unidade funciona 24h00.

A unidade ampliou 30 %, em média, o número de profissionais envolvidos no atendimento direto. O hospital atuará com 29 médicos, clínicos e especialistas. A escala manterá 2 clínicos, 3 cirurgiões, 2 ortopedistas e 2 anestesistas de plantão 24hs. Outros 20 médicos também estarão de sobreaviso, prontos para atender a qualquer hora. Enfermeiros, auxiliares e funcionários de apoio também tiveram reforço em suas escalas de trabalho. 

"A preocupação da administração Ivo Cassol é o aumento de casos de urgência, que sempre acontece no período. O JPII é a principal unidade de atendimento em emergência do Estado, o hospital atende pessoas de todas as regiões de Rondônia. No ultimo mês de novembro passaram 4717 pessoas e desde sua inauguração, em abril, mais de 40 mil pacientes foram atendidos", disse Milton Moreira, secretário de Estado da Saúde.

Falta de atendimento básico nos municípios - Outro fator que sobrecarrega o JPII é a demanda de pacientes que necessitam atendimentos básicos, de baixa complexidade, de responsabilidade dos municípios. Casos como embriagues, escoriações e pequenos cortes, que deveriam ser feitos em policlínicas e hospitais municipais, são encaminhados ao JPII. A unidade do Estado, tem a responsabilidade de atender casos complicados, de alta complexidade, mas mesmo assim, atende a todos.

Dos 52 municípios de Rondônia, o que mais encaminha pacientes ao JPII é Porto Velho. A falta de atendimento básico e de emergência, por parte da prefeitura da Capital, fez a unidade de saúde do Estado atender 4093 pessoas no mês de novembro. "O volume, representa 86,8 % do número dos serviços feitos no JPII no último mês (4717). Os outros 51 municípios enviaram, no mesmo período, 624 pacientes, 13,2 % do total geral", explicou Eliana Mendes, diretora do JPII.

 

Fonte: Toninha Lima – DRT/RO

Mais Sobre Política

Deputado Dr. Neidson pede mais apoio para o setor de saúde do município de Guajará-Mirim

Deputado Dr. Neidson pede mais apoio para o setor de saúde do município de Guajará-Mirim

O deputado Dr. Neidson (PMN), na sessão ordinária desta terça-feira (26), disse que Governo do Estado assumiu a saúde em Guajará-mirim, mas a situ

Deputado Anderson Pereira apresenta projeto para acrescentar tempo de aposentadoria dos servidores da saúde e segurança pública

Deputado Anderson Pereira apresenta projeto para acrescentar tempo de aposentadoria dos servidores da saúde e segurança pública

Devido ao momento caótico que o mundo enfrenta, principalmente servidores das áreas de saúde e segurança pública, ligados diretamente no combate e

Câmara aprova auxílio financeiro para instituições que cuidam de idosos

Câmara aprova auxílio financeiro para instituições que cuidam de idosos

A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 1888/2020 que obriga a União a auxiliar financeiramente Instituições de Longa Permanência de Ido

Deputados da CCJR são contra perdão de dívida da Energisa, mas adiam decisão por 60 dias

Deputados da CCJR são contra perdão de dívida da Energisa, mas adiam decisão por 60 dias

Apesar de todos os deputados da Comissão de Constituição e Justiça e de Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa de Rondônia se manifestarem contr