Quinta-feira, 30 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

João Paulo II com plantão reforçado para as festas de final de ano


O Hospital e Pronto-Socorro Estadual João Paulo II (JPII)   preparou a escala de plantão, reforçada, para as datas festivas de final de ano. A unidade, aumentou o número de profissionais, envolvidos no atendimento a população. O objetivo do Governo de Rondônia é suportar a demanda de pacientes, que aumenta no período do Natal e do Ano Novo. O trabalho envolverá médicos clínicos e especialistas, enfermeiros e auxiliares. A unidade funciona 24h00.

A unidade ampliou 30 %, em média, o número de profissionais envolvidos no atendimento direto. O hospital atuará com 29 médicos, clínicos e especialistas. A escala manterá 2 clínicos, 3 cirurgiões, 2 ortopedistas e 2 anestesistas de plantão 24hs. Outros 20 médicos também estarão de sobreaviso, prontos para atender a qualquer hora. Enfermeiros, auxiliares e funcionários de apoio também tiveram reforço em suas escalas de trabalho. 

"A preocupação da administração Ivo Cassol é o aumento de casos de urgência, que sempre acontece no período. O JPII é a principal unidade de atendimento em emergência do Estado, o hospital atende pessoas de todas as regiões de Rondônia. No ultimo mês de novembro passaram 4717 pessoas e desde sua inauguração, em abril, mais de 40 mil pacientes foram atendidos", disse Milton Moreira, secretário de Estado da Saúde.

Falta de atendimento básico nos municípios - Outro fator que sobrecarrega o JPII é a demanda de pacientes que necessitam atendimentos básicos, de baixa complexidade, de responsabilidade dos municípios. Casos como embriagues, escoriações e pequenos cortes, que deveriam ser feitos em policlínicas e hospitais municipais, são encaminhados ao JPII. A unidade do Estado, tem a responsabilidade de atender casos complicados, de alta complexidade, mas mesmo assim, atende a todos.

Dos 52 municípios de Rondônia, o que mais encaminha pacientes ao JPII é Porto Velho. A falta de atendimento básico e de emergência, por parte da prefeitura da Capital, fez a unidade de saúde do Estado atender 4093 pessoas no mês de novembro. "O volume, representa 86,8 % do número dos serviços feitos no JPII no último mês (4717). Os outros 51 municípios enviaram, no mesmo período, 624 pacientes, 13,2 % do total geral", explicou Eliana Mendes, diretora do JPII.

 

Fonte: Toninha Lima – DRT/RO

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 30 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Deputada Ieda Chaves destina emenda para obra de galeria de água pluvial na Associação São Tiago Maior

Deputada Ieda Chaves destina emenda para obra de galeria de água pluvial na Associação São Tiago Maior

Após tomar conhecimento das dificuldades, a deputada estadual Ieda Chaves (União Brasil) viabilizou recursos na ordem de R$ 100 mil através de emend

Deputada Ieda Chaves destaca conscientização e combate à violência sexual de crianças e adolescentes

Deputada Ieda Chaves destaca conscientização e combate à violência sexual de crianças e adolescentes

A deputada Ieda Chaves (União Brasil) fez uso da Tribuna na sessão ordinária da Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) nesta terça-feira (28), p

Vereador Fogaça vota favorável a recursos federais para capital  e critica deputado por travar R$ 26 milhões

Vereador Fogaça vota favorável a recursos federais para capital e critica deputado por travar R$ 26 milhões

Na sessão da Câmara Municipal de Porto Velho, desta terça-feira o vereador Everaldo Fogaça (PSD) destacou a importância da aprovação, discussão, do

Deputada Dra. Taíssa propõe expansão do Programa "Agiliza Saúde" em municípios de Rondônia

Deputada Dra. Taíssa propõe expansão do Programa "Agiliza Saúde" em municípios de Rondônia

A deputada Dra. Taíssa (Podemos) encaminhou uma indicação parlamentar à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), propondo a inclusão dos municípios do

Gente de Opinião Quinta-feira, 30 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)