Porto Velho (RO) terça-feira, 27 de julho de 2021
×
Gente de Opinião

Política

Jesualdo Pires fala erradicação da Febre Aftosa


O deputado Jesualdo Pires (PSB), esteve no último final de semana no lançamento da 22ª Campanha de Erradicação da Febre Aftosa no Estado de Rondônia, que aconteceu no município de Alvorada do Oeste, com a presença do governador Ivo Cassol, deputados Luizinho Goebel (PV), Amauri dos Santos (PMDB), entre outras autoridade. Na ocasião foi ministrada uma palestra pelo médico veterinário do Ministério da Fazenda, Fernando Pinto. O parlamentar falou no uso da tribuna da ALE, na última terça-feira, sobre a importância da campanha e apresentou dados e estatísticas econômicas sobre a pecuária de corte e a pecuária de leite no Estado. “Somos hoje o oitavo rebanho do país, o segundo da região norte, atrás apenas do Estado do Para”, disse Jesualdo. Segundo números apresentados pelo deputado, o rebanho de Rondônia hoje ultrapassa 11 milhões de cabeças de gado, sendo 8.163 milhões de gado de corte e 3.315 milhões de gado de leite, espalhados em 81.518 propriedades rurais que investe na pecuária, das mais de 99 mil propriedades rurais existentes no Estado de Rondônia. “Tivemos uma produção de 383 milhões de quilos de carne nos 18 frigoríficos do Estado, sendo 22% consumido no mercado de Rondônia, 65% destinado ao mercado interno brasileiro e 13% exportado para o mercado internacional”, informou o parlamentar, alertando que seria uma calamidade caso houvesse algum caso de foco de aftosa no rebanho rondoniense. “A carne de Rondônia foi exportada para 22 países, entre América, Europa, Egito, Emirados Árabes, Israel, Hong Kong, entre os maiores compradores. Para se ter uma idéia da força da nossa pecuária, em 2003 exportamos 3.139 milhões de dólares e em 2006, 102 milhões de dólares em carne, que significa um incremento de 3.000 % em dólares em apenas quatro anos e a tendência e aumentar cada vez mais”, afirmou Jesualdo Pires. Segundo estatísticas apresentadas pelo parlamentar, a exportação de carne representa 44% do total das exportações rondonienses. “Na pecuária de leite, tivemos uma produção de 230 milhões de litros, no ano passado, sendo que 35 mil propriedades rurais investem na pecuária de leite e em conseqüência, 22% dos rondonienses têm renda proveniente da atividade leiteira” disse o deputado, frisando que 65% desta produção foram destinadas a fabricação de queijo e 80 % deste queijo produzido foi exportado para o centro-sul do país. ALERTA ”Quero parabenizar o Idaron, FEFA, e o governo do Estado e sobre tudo os criadores e produtores rurais por esta conquista que cada vez mais vem notabilizando Rondônia no mercado nacional e internacional da carne e do leite. Alerto então todos os produtores rurais que vacinem seus rebanhos a partir de 15 de abril até 15 de maio próximo” disse o deputado durante discurso no plenário. “A importância da pecuária em nosso Estado é brutal e um foco de aftosa pode colocar tudo a perder, o esforço de anos na erradicação e a economia como um todo”, finalizou Jesualdo Pires.

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano anuncia convênio de R$ 1 milhão para recuperação de estradas em Vale do Anari

Presidente Alex Redano anuncia convênio de R$ 1 milhão para recuperação de estradas em Vale do Anari

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), anunciou que o Governo celebrou o convênio de R$ 1 milhão com a prefeitura de Va

Deputada Mariana Carvalho é homenageada pela Aeronáutica

Deputada Mariana Carvalho é homenageada pela Aeronáutica

A Deputada Federal Mariana Carvalho recebeu da Aeronáutica a medalha Mérito Santos Dumont, pelos serviços prestados à corporação. A cerimônia de imp

Atendendo pedido do deputado Anderson, governo inicia fiscalização do cumprimento dos requisitos do programa Minha Casa Minha Vida

Atendendo pedido do deputado Anderson, governo inicia fiscalização do cumprimento dos requisitos do programa Minha Casa Minha Vida

Atendendo uma solicitação feita pelo deputado estadual Anderson Pereira (PROS), o Governo do Estado de Rondônia, por meio da Secretaria Estadual de