Porto Velho (RO) terça-feira, 15 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

JESUALDO APRESENTA PROJETO DE LEI PARA FISCALIZAR ONGs


 
O deputado estadual Jesualdo Pires (PSB-Ji-Paraná) apresentou ontem na sessão plenária da Assembléia Legislativa projeto de lei que regulamenta, controla e fiscaliza a ação das ONGs no Estado de Rondônia. Em contundente discurso, o parlamentar socialista abordou o perigo existente da internacionalização da Amazônia. "Os países desenvolvidos querem internacionalizar nossa Amazônia. Existe o visível propósito de tornar a região  um território  independente e muitas ongs  estão envolvidas neste  projeto", reclama.

O deputado citou recentes declarações de autoridades internacionais que pregam que o território amazônico não poderia mais pertencer ao Brasil. Em alguns paises a Amazônia já não consta no mapa brasileiro.

- "Sabemos que a cobiça pela a Amazônia já é muito antiga, mas agora graças à escassez de alimentos e água potável no mundo este problema tem se agravado e vai se tornar crítico em alguns anos" ressalta Jesualdo Pires.

Ao apresentou projeto de lei que trata do controle e fiscalização das ONGs instaladas em Rondônia, Jesualdo enfatizou que muitas delas servem apenas a interesses internacionais de exploração e roubos do subsolo e da biodiversidade.

O relator da CPI do Senado Federal Senador Raimundo Colombo de Santa Catarina questiona o porquê que 250 ONGs internacionais atuarem na Amazônia sobre o pretexto de combater a miséria e no Nordeste que claramente é uma região muito mais habitada e pobre não existe nenhuma ONG atuando neste sentido.

"Afinal quais seriam os reais interesses destas organizações, que patrocinam estas entidades e a serviço de quem estão instaladas na Amazônia?" indaga o parlamentar que alerta para a necessidade de todos que moram nesta região e, sobretudo ao Governo Federal estarem atentos para estas possíveis agressões que sofreremos futuramente caso não haja investimentos e principalmente fiscalização através do Exército Brasileiro que hoje se encontra completamente sucateado e sem condições de enfrentar o narcotráfico e a cobiça internacional.

Jesualdo Pires conclui que não é contra as ONGs, pois inúmeras delas prestam relevantes serviços, mas "infelizmente uma grande parte atua de forma obscura, na ilegalidade e com interesses escusos".

Fonte: Emanuel Marques

Mais Sobre Política

Adelino Follador participa de audiência pública que discutiu a instalação do IFRO em Buritis

Adelino Follador participa de audiência pública que discutiu a instalação do IFRO em Buritis

O deputado Adelino Follador (DEM) participou de audiência pública, na manhã da última sexta-feira (11), na Escola Estadual Buriti, em Buritis, onde fo

Deputado Ismael Crispin propõe debate sobre pesquisa cientifica e seu impacto

Deputado Ismael Crispin propõe debate sobre pesquisa cientifica e seu impacto

O deputado estadual Ismael Crispin (PSB) apresentou indicação à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, e teve aprovada a realização de audiência p

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Na manhã desta terça-feira (8), a Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Adailton Fu

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

Em reunião extraordinária nesta quinta-feira (3), a CPI criada pela Assembleia Legislativa de Rondônia para investigar abusos praticados pela Empres