Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política

Ivo Cassol destaca geração de 36 mil empregos durante sua administração


Durante comício realizado, na última segunda-feira (31) em Costa Marques o candidato à reeleição ao governo de Rondônia, Ivo Cassol (PPS) afirmou que a geração de empregos foi um dos pontos de destaque de sua administração.  Desde 2003, inicio da gestão Cassol, a ação do governo, através de incentivos a empresas privadas e contratações públicas, possibilitou a abertura de aproximadamente 36 mil vagas de trabalho em todo Estado. Os números se referem a empregos diretos.

“Nossa administração investiu com responsabilidade na geração de empregos. Através de concursos públicos, de programas para incentivo tributário e de crédito, colocamos dezenas de milhares de pessoas no mercado formal de trabalho, com carteira assinada e consequentemente todos os benefícios trabalhistas, como férias, 13º salário, vale-transporte e horas-extras. Esse trabalho, se reeleito, vai ser ainda mais ampliado” afirmou Ivo Cassol.

Os números são prova de que o trabalho de geração de empregos do governo do Estado está correto. O Programa de Incentivo Tributário (PIT) em 2003 abriu 2.610 vagas. Em 2004, foi a vez de 4.006 pessoas serem empregadas e, em 2005, o número de oportunidades de trabalho atingiu 5.365. O PIT ao todo gerou 11.981 empregos formais. O programa tributário tem como objetivo incentivar a abertura e a expansão de micro, pequenas e grandes empresas, comércio, prestação de serviços e industrias. A previsão é que em 2006, conforme cronograma de abertura de empresas, sejam efetivados mais de 6.000 empregos diretos.

Durante os três primeiros anos, o governo Ivo Cassol, através do Sine (Sistema Nacional de Emprego), conseguiu colocar mais de 14.000 pessoas no mercado de trabalho. Em 2003 foram 3.252; no ano seguinte, foram 3.680 pessoas e, em 2005, empregou formalmente 5.192 trabalhadores. Os dados parciais de 2006 apontam, de janeiro a junho, à colocação de 2.054 trabalhadores. O Sine de Rondônia funciona nacionalmente integrado, possibilitando maior oferta de vagas.

O governo de Rondônia também contribuiu fortemente para o aumento do número de empregos. No período da administração Cassol, o Estado contratou mais de 10.000 pessoas: “Nós resgatamos a dignidade de mais de 4.000 mil servidores que foram reintegrados, realizamos concursos para incorporar acima de 6.000 funcionários entre professores, médicos, policiais, auxiliares administrativos e tantas outras funções. Contratamos, ainda, pelo sistema emergencial, pessoas para trabalharem nas áreas da Educação e Saúde”.

Fonte: Richard Morante – DRT – 747/RO

Mais Sobre Política

Corecon realiza Momento Café e Economia na livraria Exclusiva

Corecon realiza Momento Café e Economia na livraria Exclusiva

O Conselho Regional de Economia – Corecon, através da Comissão de Valorização Profissional de Economia, em razão do Dia do Economista comemorado no di

A frente da Comissão de Direitos Humanos, Léo Moraes cobra acessibilidade na rodoviária da capital

A frente da Comissão de Direitos Humanos, Léo Moraes cobra acessibilidade na rodoviária da capital

O Deputado Estadual Léo Moraes, participou de uma reunião extraordinária da Comissão de Direitos Humanos, na Assembleia Legislativa de Rondônia para c

Asdevron - Edital de convocação/001/2018

Asdevron - Edital de convocação/001/2018

ASSEMBLEIA GERAL ordinária DA ASSOCIAÇÃO DOS DEIFICIENTES VISUAIS DO ESTADO DE RONDÔNIA  ASDEVRONCNPJ 04.548.276/0001-60O Presidente da A