Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Ivo Cassol destaca geração de 36 mil empregos durante sua administração


Durante comício realizado, na última segunda-feira (31) em Costa Marques o candidato à reeleição ao governo de Rondônia, Ivo Cassol (PPS) afirmou que a geração de empregos foi um dos pontos de destaque de sua administração.  Desde 2003, inicio da gestão Cassol, a ação do governo, através de incentivos a empresas privadas e contratações públicas, possibilitou a abertura de aproximadamente 36 mil vagas de trabalho em todo Estado. Os números se referem a empregos diretos.

“Nossa administração investiu com responsabilidade na geração de empregos. Através de concursos públicos, de programas para incentivo tributário e de crédito, colocamos dezenas de milhares de pessoas no mercado formal de trabalho, com carteira assinada e consequentemente todos os benefícios trabalhistas, como férias, 13º salário, vale-transporte e horas-extras. Esse trabalho, se reeleito, vai ser ainda mais ampliado” afirmou Ivo Cassol.

Os números são prova de que o trabalho de geração de empregos do governo do Estado está correto. O Programa de Incentivo Tributário (PIT) em 2003 abriu 2.610 vagas. Em 2004, foi a vez de 4.006 pessoas serem empregadas e, em 2005, o número de oportunidades de trabalho atingiu 5.365. O PIT ao todo gerou 11.981 empregos formais. O programa tributário tem como objetivo incentivar a abertura e a expansão de micro, pequenas e grandes empresas, comércio, prestação de serviços e industrias. A previsão é que em 2006, conforme cronograma de abertura de empresas, sejam efetivados mais de 6.000 empregos diretos.

Durante os três primeiros anos, o governo Ivo Cassol, através do Sine (Sistema Nacional de Emprego), conseguiu colocar mais de 14.000 pessoas no mercado de trabalho. Em 2003 foram 3.252; no ano seguinte, foram 3.680 pessoas e, em 2005, empregou formalmente 5.192 trabalhadores. Os dados parciais de 2006 apontam, de janeiro a junho, à colocação de 2.054 trabalhadores. O Sine de Rondônia funciona nacionalmente integrado, possibilitando maior oferta de vagas.

O governo de Rondônia também contribuiu fortemente para o aumento do número de empregos. No período da administração Cassol, o Estado contratou mais de 10.000 pessoas: “Nós resgatamos a dignidade de mais de 4.000 mil servidores que foram reintegrados, realizamos concursos para incorporar acima de 6.000 funcionários entre professores, médicos, policiais, auxiliares administrativos e tantas outras funções. Contratamos, ainda, pelo sistema emergencial, pessoas para trabalharem nas áreas da Educação e Saúde”.

Fonte: Richard Morante – DRT – 747/RO

Mais Sobre Política

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

O processo eleitoral na Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), cujo pleito ocorreu nesta segunda-feira (14), foi e está sendo marcado pel

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

O Fim do Ministério do Trabalho é Retrocesso, afirma o servidor público Brunno Oliveira.Criado pelo então Presidente Getúlio Vargas em 1930 chega a

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Explanação sobre ações desenvolvidas pela Ouvidoria do Tribunal de Contas (TCE-RO) e a possibilidade da oferta de capacitação e orientação ao corpo fu

Deputada Marinha Raupp anuncia implantação do campus avançado do IFRO no Vale do Guaporé

Deputada Marinha Raupp anuncia implantação do campus avançado do IFRO no Vale do Guaporé

Decreto publicado pelo Ministério da Educação autoriza o funcionamento do Campus em São Miguel do Guaporé Cumprindo compromisso firmado com a deputada