Porto Velho (RO) sábado, 19 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Investimentos melhoram qualidade de vida em Porto Velho


Depois de três anos e oito meses de muito trabalho do Governo Ivo Cassol (PPS) é possível afirmar, sem medo de errar, que Porto Velho, hoje, está muito melhor. O trabalho da administração Estadual atendeu aspectos importantes para o progresso da capital. As ações abrangeram a saúde, segurança, educação e geração de empregos. “Ao contrário do que dizem os adversários, nós investimos pesado em Porto Velho. A população sabe o que fizemos pelo município” completou Ivo Cassol.

SAÚDE - O Hospital João Paulo II foi devolvido à população com 12 leitos de UTI, 150 leitos para internação, 180 médicos, 560 funcionários e 4 centros cirúrgicos; foram R$ 7 milhões investidos. O Hospital de Base ganhou tomógrafos, computadores, veículos e hoje oferece hemodiálise, tratamento de câncer infantil, banco de leite humano e 38 leitos de UTI (adulto, neonatal e infantil). Mais de 6 000 exames são realizados por mês no Laboratório Central (Lacen) - referência na região Norte.

SEGURANÇA - 180 viaturas e motocicletas e mais 100 policiais integram o patrulhamento urbano e dos distritos. Totalmente reformada, a 5ª DP transformou-se em Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp). A capital ganhou sistema de rastreamento de viaturas via satélite para atender chamadas de emergência (190-Ciops): investimento de R$ 3,3 milhões.

EDUCAÇÃO - Praças esportivas como o Estádio Aluízio Ferreira e o Ginásio Cláudio Coutinho foram reformados e modernizados. Foram investidos R$ 3,5 milhões no transporte escolar e R$ 15 milhões na reforma/ampliação de 56 escolas. Para equipar 63 escolas, foram investidos R$ 6,5 milhões em computadores, freezers, geladeiras, ar-condicionado, bebedouros, TVs, DVDs, carteiras, quadros e carteiras (7.640 conjuntos distribuídos). Mais 100 professores, supervisores, coordenadores pedagógicos lotados nas 83 escolas do Estado na capital.

Nas ruas, avenidas, bairros e praças - Asfaltamento da Estrada da Penal e recapeamento da Estrada do Belmont foram anseios antigos atendidos. Com a Operação Cidade Limpa, que mobilizou 300 homens e 170 máquinas, 80 bairros ganharam vida nova. A urbanização de invasões no bairro Ulysses Guimarães (limpeza, patrolamento, rede de energia elétrica) beneficiou centenas de pessoas na linha da pobreza absoluta. Para recuperar as estradas vicinais, foi transferido R$ 1,4 milhão para a Prefeitura, via FITHA (Fundo para Infra-estrutura de Transporte e Habitação), no primeiro semestre deste ano.

Geração de empregos - Das 13 600 pessoas colocadas no mercado de trabalho pelo SINE desde 2003, 5 700 são da capital. 870 novos postos de trabalho foram criados pelo Programa de Incentivo Tributário (PIT), desenvolvido pelo Governo do Estado, com investimentos que ultrapassaram os R$ 18,2 milhões.

Mais Sobre Política

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Após a vereadora Cristiane Lopes (PP) ir até o Ministério Público Estadual (MP/RO), para relatar os problemas das obras de pavimentação dos bairros Fl

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mais de 1700 parlamentares e parceiros da ONU e da sociedade civil de todo o mundo estão reunidos em Belgrado, na Sérvia, onde acontece a 141ª Assembl

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

A Comissão de Educação e Cultura (CEC), da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (16), para deliberar projetos e voltou a di

Liderança na produção do cacau depende da vontade política, aponta debate

Liderança na produção do cacau depende da vontade política, aponta debate

A volta do protagonismo brasileiro na produção de cacau depende de mais investimentos em pesquisa e de ações como o fortalecimento da Comissão Executi