Porto Velho (RO) sexta-feira, 7 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Política

Incra apresenta projeto de regularização fundiária para parceria com instituições

Faperon, Assembleia Legislativa e Sepat receberam a proposta


Incra apresenta projeto de regularização fundiária para parceria com instituições - Gente de Opinião

A superintendência do Incra em Rondônia entregou um projeto para titulação das terras em Rondônia, durante essa semana, ao presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de Rondônia (Faperon), Hélio Dias, ao superintendente estadual de Regularização Fundiária, Constantino Erwen Gomes, e e ao deputado estadual Cirone Deiró, com a meta de emitir 3.000 títulos em um ano, tanto em áreas de projetos de assentamento quanto em ocupações em terras da União.

De acordo com o superintendente regional substituto do Incra, Erasmo Tenório da Silva, a solução para o problema nesse momento é a realização de parcerias que concretizem o trabalho. Através da Faperon e dos poderes Executivo e Legislativo poderão ser firmados acordos de cooperação que viabilizem o projeto. As perspectivas são animadoras em sua avaliação.

"Hoje estamos com contingenciamento de recursos e pessoal para realizar a regularização dos lotes, especialmente pelas aposentadorias de servidores, corte nos contratos com terceirizados e escassez de recursos para pagar as diárias de campo", explicou o superintendente.

A saída, segundo ele, é buscar parcerias com os poderes instituídos e com a sociedade civil organizada, já que é do interesse público a realização do trabalho por impactar diretamente no desenvolvimento de Rondônia. Com o título da terra os milhares de agricultores do estado poderão expandir suas atividades através de acesso a créditos rurais e programas para o homem do campo, o que trará segurança jurídica e uma nova dinâmica para a economia local.

Constam no projeto 30 assentamentos prioritários e 40 glebas. Os critérios para a priorização dos assentamentos foram: possuir a Certidão de Inteiro Teor do Imóvel, ter o georreferenciamento certificado do perímetro, possuir as peças técnicas das parcelas e um prazo mínimo de cinco anos de criação ou exploração da terra. Para as glebas é necessário também que haja o consentimento prévio do Conselho de Defesa Nacional.

Incra apresenta projeto de regularização fundiária para parceria com instituições - Gente de Opinião

Mais Sobre Política

Cristiane Lopes debate sobre pré-candidatura à prefeitura de Porto Velho e ações em meio a pandemia da Covid-19

Cristiane Lopes debate sobre pré-candidatura à prefeitura de Porto Velho e ações em meio a pandemia da Covid-19

Em entrevista concedida ao programa Bronca Livre, comandado pela Jornalista Júlia Scherer na TV Allamanda, a vereadora de Porto Velho e pré-candidata

Eyder Brasil destina emendas e acompanha ações no interior do Estado

Eyder Brasil destina emendas e acompanha ações no interior do Estado

Na última semana, o deputado estadual Sargento Eyder Brasil organizou um espaço em suas atividades parlamentares na Capital e passou cinco dias no int

Leonel Bertolin diz que problemas de Porto Velho exigem disposição física e mental para serem resolvidos

Leonel Bertolin diz que problemas de Porto Velho exigem disposição física e mental para serem resolvidos

Em reunião virtual com líderes comunitários na tarde dessa quarta-feira, 5, o coordenador da elaboração do plano de governo do Partido Trabalhista B

Waldemar Neto discute medidas compensatórias decorrentes dos impactos urbanos

Waldemar Neto discute medidas compensatórias decorrentes dos impactos urbanos

Nesta quarta-feira, 05 de agosto, o Vereador Waldemar Neto secretariou a Audiência Pública que aconteceu remotamente no Salão de Reunião “Bohemundo