Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política

HIDRELÉTRICAS DO MADEIRA:Empresários participam da Audiência Pública


Empresários participam da Audiência Pública e esperam que projeto seja aprovado

Empresários de diversos ramos de atividade participaram sábado da Audiência Pública que discutiu as Usinas de Jirau e Santo Antônio, no Rio Madeira. A expectativa deles é grande, para que a economia local gire mais rápido.

Para Adélio Barofaldi, da Autovema e diretor do Pool de Empresas, o empresariado apóia o empreendimento, "por que vai gerar riqueza para o Estado e as empresas estabelecidas, direta ou indiretamente vão ser favorecidas. Temos conversado muito sobre isso no Pool".

"O empresário que está estabelecido aqui e for contra deve rever este conceito, por que através deste empreendimento, direta ou indiretamente, todos serão beneficiados", afirma Adélio, acrescentando que os órgãos públicos como Prefeitura e Governo do Estado estão se estruturando para reduzir ao mínimos os impactos que possam vir a acontecer. "Alguns impactos irão acontecer, mas tecnicamente serão resolvidos. Em todo mundo as usinas causam impacto ambiental, mas impacto maior causará  à população que vai ter renda, vai ter saneamento, vai ter habitação. Isso é mais importante que não ter impacto nenhum e faltar até alimentação para o ribeirinho.

Para o segmento da construção civil, também há boas expectativas. O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Porto velho, Denis Baú, disse que o setor está aquecido e que haja um grande número de pessoas trabalhando. "Há vários prédio comerciais e residenciais sendo construídos em Porto Velho, para atender a uma demanda de um futuro não muito distante. Estas usinas são importantes para injetar dinheiro novo no mercado e auxiliar na redução do desemprego".

O treinamento de mão-de-obra para atender às futuras construções da usinas de Santo Antônio e Jirau deverá ser feito entre outros pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai, cujo presidente do Conselho é o empresário Eusébio Guareschi, também presidente da Federação das Indústrias de Rondônia. Segundo ele, o Senai já preparou todos os projetos de ampliação e adequação de suas instalações prevendo novas turmas e novos cursos. "Teremos apoio do Departamento Nacional do senai e tão logo seja realizado o leilão, teremos condições de iniciar de imediato o treinamento nas habilidades que o Projeto necessitará".

Fonte: José Carlos Sá 

Mais Sobre Política

TJ/RO acata por unanimidade denúncia contra deputado estadual

TJ/RO acata por unanimidade denúncia contra deputado estadual

Por unanimidade, os desembargadores das Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça de Rondônia receberam nesta sexta-feira (17), queixa-crime c

Corecon realiza Momento Café e Economia na livraria Exclusiva

Corecon realiza Momento Café e Economia na livraria Exclusiva

O Conselho Regional de Economia – Corecon, através da Comissão de Valorização Profissional de Economia, em razão do Dia do Economista comemorado no di

A frente da Comissão de Direitos Humanos, Léo Moraes cobra acessibilidade na rodoviária da capital

A frente da Comissão de Direitos Humanos, Léo Moraes cobra acessibilidade na rodoviária da capital

O Deputado Estadual Léo Moraes, participou de uma reunião extraordinária da Comissão de Direitos Humanos, na Assembleia Legislativa de Rondônia para c

Asdevron - Edital de convocação/001/2018

Asdevron - Edital de convocação/001/2018

ASSEMBLEIA GERAL ordinária DA ASSOCIAÇÃO DOS DEIFICIENTES VISUAIS DO ESTADO DE RONDÔNIA  ASDEVRONCNPJ 04.548.276/0001-60O Presidente da A