Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

HIDRELÉTRICAS DO MADEIRA:Empresários participam da Audiência Pública


Empresários participam da Audiência Pública e esperam que projeto seja aprovado

Empresários de diversos ramos de atividade participaram sábado da Audiência Pública que discutiu as Usinas de Jirau e Santo Antônio, no Rio Madeira. A expectativa deles é grande, para que a economia local gire mais rápido.

Para Adélio Barofaldi, da Autovema e diretor do Pool de Empresas, o empresariado apóia o empreendimento, "por que vai gerar riqueza para o Estado e as empresas estabelecidas, direta ou indiretamente vão ser favorecidas. Temos conversado muito sobre isso no Pool".

"O empresário que está estabelecido aqui e for contra deve rever este conceito, por que através deste empreendimento, direta ou indiretamente, todos serão beneficiados", afirma Adélio, acrescentando que os órgãos públicos como Prefeitura e Governo do Estado estão se estruturando para reduzir ao mínimos os impactos que possam vir a acontecer. "Alguns impactos irão acontecer, mas tecnicamente serão resolvidos. Em todo mundo as usinas causam impacto ambiental, mas impacto maior causará  à população que vai ter renda, vai ter saneamento, vai ter habitação. Isso é mais importante que não ter impacto nenhum e faltar até alimentação para o ribeirinho.

Para o segmento da construção civil, também há boas expectativas. O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Porto velho, Denis Baú, disse que o setor está aquecido e que haja um grande número de pessoas trabalhando. "Há vários prédio comerciais e residenciais sendo construídos em Porto Velho, para atender a uma demanda de um futuro não muito distante. Estas usinas são importantes para injetar dinheiro novo no mercado e auxiliar na redução do desemprego".

O treinamento de mão-de-obra para atender às futuras construções da usinas de Santo Antônio e Jirau deverá ser feito entre outros pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai, cujo presidente do Conselho é o empresário Eusébio Guareschi, também presidente da Federação das Indústrias de Rondônia. Segundo ele, o Senai já preparou todos os projetos de ampliação e adequação de suas instalações prevendo novas turmas e novos cursos. "Teremos apoio do Departamento Nacional do senai e tão logo seja realizado o leilão, teremos condições de iniciar de imediato o treinamento nas habilidades que o Projeto necessitará".

Fonte: José Carlos Sá 

Mais Sobre Política

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

O processo eleitoral na Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), cujo pleito ocorreu nesta segunda-feira (14), foi e está sendo marcado pel

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

O Fim do Ministério do Trabalho é Retrocesso, afirma o servidor público Brunno Oliveira.Criado pelo então Presidente Getúlio Vargas em 1930 chega a

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Explanação sobre ações desenvolvidas pela Ouvidoria do Tribunal de Contas (TCE-RO) e a possibilidade da oferta de capacitação e orientação ao corpo fu

Deputada Marinha Raupp anuncia implantação do campus avançado do IFRO no Vale do Guaporé

Deputada Marinha Raupp anuncia implantação do campus avançado do IFRO no Vale do Guaporé

Decreto publicado pelo Ministério da Educação autoriza o funcionamento do Campus em São Miguel do Guaporé Cumprindo compromisso firmado com a deputada