Porto Velho (RO) terça-feira, 10 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Governo quer alterar a Lei de Responsabilidade Fiscal


O descumprimento dos limites de gastos com pessoal por parte do Judiciário, Legislativo e Ministério Público não será mais um impeditivo para a contratação de empréstimos por governos estaduais e municipais. É o que espera o governo federal, que prepara o envio ao Congresso de um projeto de lei para alterar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Pelo novo texto, os governos serão impedidos de tomar novos créditos somente quando o próprio Executivo desrespeitar o limite de gastos com servidores. 

O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, disse ao Valor que a mudança não representa flexibilização nas regras de controle das despesas com pagamento do funcionalismo. Isso porque o projeto vai propor, também, que o descumprimento dos limites por qualquer dos Poderes, isoladamente, passe a representar crime fiscal, de forma que o chefe do respectivo Poder possa ser pessoalmente responsabilizado e punido. 

O projeto de lei que vai alterar a LRF começou a ser elaborado depois que o Tesouro Nacional foi obrigado a rejeitar pedidos de autorização de alguns governadores para contratação de novos empréstimos em bancos no Brasil e no exterior, em razão do descumprimento dos limites de gasto com pessoal por outros Poderes que não o Executivo. Os Estados prejudicados foram Sergipe, Pará e Amapá, além do Distrito Federal. 

A LRF, em vigor desde 2000, estabelece que os Estados podem gastar com pessoal no máximo 60% da receita anual, cabendo a cada segmento zelar por uma parcela desse limite. Para o Executivo, excluído o Ministério Público, o subteto é de 49%. O Judiciário pode gastar até 6% da receita, o Legislativo - incluído o Tribunal de Contas -, até 3% e o Ministério Público, até 2%. 

Fonte: Valor Econômico - Mônica Izaguirre

Mais Sobre Política

 Vereadora Cristiane Lopes e SINJOR realizam evento sobre medida que extingue registro profissional

Vereadora Cristiane Lopes e SINJOR realizam evento sobre medida que extingue registro profissional

Jornalistas de Porto Velho reuniram-se na Câmara Municipal de Porto Velho, para discutir os efeitos da Medida Provisória 905/2019, que extingue a

Governo atende pedido do deputado Adelino Follador e abre processo seletivo na Idaron

Governo atende pedido do deputado Adelino Follador e abre processo seletivo na Idaron

O pedido foi apresentado ao governador Marcos Rocha (PSL) pelo deputado Adelino Follador (DEM), após visitas nas sedes das Agências de Defesa Sanitári

Sessão Solene marcou a entrega da honraria a 30 homenageados, no Dia da Consciência Negra

Sessão Solene marcou a entrega da honraria a 30 homenageados, no Dia da Consciência Negra

O deputado Lazinho da Fetagro (PT) comandou na tarde desta quarta-feira (20), no auditório da Assembleia Legislativa, Sessão Solene para homenagear

Presidente Laerte Gomes ressalta importância da união entre os poderes para o cumprimento do Teto de Gastos de 2019

Presidente Laerte Gomes ressalta importância da união entre os poderes para o cumprimento do Teto de Gastos de 2019

Na tarde desta segunda-feira (18), o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), participou da reunião com o Colegiado Superior do Es