Porto Velho (RO) domingo, 15 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Governo parabeniza profissionais pela passagem do 'Dia do Médico'


 

Em nome do governo de Rondônia, o secretário de Estado da Saúde, Milton Moreira, parabenizou os profissionais do Estado pela passagem do “Dia do Médico”, comemorado neste sábado, 18 de outubro. O secretário ainda falou dos avanços e do trabalho desenvolvido pela administração estadual para a categoria. A melhoria passou pela contratação de médicos, criação de programas de especialização e o aumento de salários.

“Parabéns a todos os médicos de Rondônia. Em nome da administração Ivo Cassol, quero agradecer a cada um dos 758 médicos que atuam no sistema estadual, pelo comprometimento com a medicina e a dedicação profissional”, afirmou o secretário da Sesau, que também é  médico cirurgião. Milton Moreira também destacou a importância e o compromisso assumido no juramento de Hipócrates, feito pelos médicos durante a formatura.

“Quando concluímos o curso, não recebemos apenas o direito de exercer a medicina, mas sim a responsabilidade para com o próximo. Como exemplo, no juramento de Hipócrates, considerado o pai da medicina, afirmamos que a saúde dos pacientes será a primeira preocupação, que praticaremos a profissão com consciência e dignidade e que manteremos o mais alto respeito pela vida humana, desde sua concepção. O juramento ainda indica que o médico não permitirá que concepções religiosas, nacionais, raciais, partidárias ou sociais intervenham entre o dever e os pacientes”, citou Milton Moreira.

Investimentos em novos serviços e na contratação e especialização de médicos - Nos últimos anos, o governo de Rondônia aumentou em 35% o número de contratos médicos. Em 2003, início da primeira gestão, o Estado contava com 571 contratos, atualmente o volume atinge 775. Ao todo, o Estado conta com 758 médicos. O número difere da quantidade de contratos, pois alguns médicos possuem mais de uma carga horária de trabalho.

Outro fator diferencial é o salário pago pela administração estadual, o maior da região norte e um dos melhores do país. Em 2003, o valor pago por 40 horas semanais era de R$ 6.000,00. Atualmente em Rondônia um médico contratado pelo Estado recebe R$ 7.257,14. O governo prepara ainda uma mensagem, que será enviada à Assembléia Legislativa, propondo um reajuste salarial à categoria. O valor proposto é de R$ 9.000,00. O Estado também está preparando, ainda para 2008, mais um concurso público para a Sesau, que abrirá vagas para diversas categorias profissionais, incluindo médicos especialistas.
“A administração Ivo Cassol também está investindo na especialização dos profissionais. Em 2005 criamos o Programa de Residência Médica. Já realizamos três processos seletivos e atualmente oferecemos vagas em 06 áreas. Em 2008 formamos os 03 especialistas em cirurgia geral. Os médicos foram contratados pelo governo e estão atuando nas unidades estaduais de saúde. O programa, além de qualificar nossos profissionais, possibilita ainda a fixação de novos médicos em Rondônia. Agora, ainda em 2008, estamos abrindo um novo processo seletivo com 19 vagas para a residência médica”, afirmou Milton Moreira.

O governo, desde 2003, deu passos importantes para o atendimento de saúde especializado, que anteriormente eram atendidos pelo programa de Tratamento Fora de Domicílio (TFD). O trabalho envolveu ações como a implantação do serviço de hemodinâmica, que oferece implantes de marcapasso e cateterismo, transplante de córneas, a realização de cirurgias especializadas de coluna, redução do estômago e de catarata. O Hospital de Base Ary Pinheiro (HB) também foi credenciado como Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) para os serviços, contra o câncer, em pediatria e hematologia. “Toda essa evolução só foi possível pela determinação do governo do Estado em melhorar o setor e pela qualidade dos nossos profissionais médicos”, completou o secretário da Sesau.

Ninguém sem atendimento com apoio e dedicação dos médicos - O secretário da Sesau ainda enfatizou o trabalho realizado pelos médicos nas unidades estaduais de Saúde. “Os hospitais do Estado sofrem com a falta de atendimento básico que, seguindo determinação do Ministério da Saúde, deveria ser oferecido pelas prefeituras. Em todas as nossas unidades recebemos pacientes que precisam de serviços de baixa complexidade e que deveriam ter sido realizados em postos de saúdes e policlínicas. Esse volume extra prejudica o atendimento e superlota os hospitais. Mas, mesmo assim, não deixamos ninguém sem atendimento e para isso contamos com apoio dos servidores da saúde e principalmente da dedicação dos médicos”.

Como exemplo do volume de pacientes que deveriam ser atendidos pelas prefeituras, o Hospital Infantil Cosme e Damião (HICD) realizou, dos meses de janeiro a agosto, deste ano, 39.270 atendimentos. Do total geral, em 08 meses, o hospital atendeu 37.500 crianças da Capital. O volume representa 95,4% do atendimento. Os 4,6% restantes são referentes a 1.770 pacientes encaminhados, no mesmo período, pelos 51 municípios do interior e por outros Estados.

O Hospital e Pronto-Socorro João Paulo II (JPII) atendeu de janeiro a agosto, deste ano, 41.922 pessoas. Do volume, Porto Velho é o município que mais encaminha pacientes. A afirmação pode ser constatada pelos números globais de serviços realizados. Em oito meses, 36.247 foram provenientes da Capital. O volume representa 86,5 % dos serviços. No mesmo período os 51 municípios do interior encaminharam apenas 5.675 pacientes, 13,5% do total geral.

Fonte: Decom

Mais Sobre Política

Importante conquista para Rondônia: Presidente Bolsonaro assina MP da Regularização Fundiária.

Importante conquista para Rondônia: Presidente Bolsonaro assina MP da Regularização Fundiária.

Para o presidente Jair Bolsonaro e o governador Marcos Rocha o objetivo da Medida Provisória é a de simplificar e modernizar o processo. Ao todo, ma

Assembleia Legislativa limpa a pauta antes de aprovar o Orçamento 2020

Assembleia Legislativa limpa a pauta antes de aprovar o Orçamento 2020

Na sessão ordinária e nas extraordinárias realizadas na tarde desta terça-feira (10), além de aprovar o Orçamento 2020 e apreciar os vetos do Execut

 Vereadora Cristiane Lopes e SINJOR realizam evento sobre medida que extingue registro profissional

Vereadora Cristiane Lopes e SINJOR realizam evento sobre medida que extingue registro profissional

Jornalistas de Porto Velho reuniram-se na Câmara Municipal de Porto Velho, para discutir os efeitos da Medida Provisória 905/2019, que extingue a

Governo atende pedido do deputado Adelino Follador e abre processo seletivo na Idaron

Governo atende pedido do deputado Adelino Follador e abre processo seletivo na Idaron

O pedido foi apresentado ao governador Marcos Rocha (PSL) pelo deputado Adelino Follador (DEM), após visitas nas sedes das Agências de Defesa Sanitári