Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política

GOVERNO NÃO COGITA INTERVENÇÃO EM RONDÔNIA


Cristiane Jungblut - Agência O GloboBRASÍLIA - Mesmo com Rondônia vivendo uma de suas maiores crises de administração pública, com o desvio de R$ 70 milhões e a prisão de 23 pessoas, dentre elas o presidente da Assembléia Legislativa, Carlão de Oliveira, e o candidato a vice-governador do estado, Carlos Magno (PPS), o governo federal ainda não cogita uma intervenção no estado. A informação foi confirmada nesta segunda-feira pelos ministros da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, e das Relações Institucionais, Tarso Genro.Depois de participar de uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Bastos descartou uma intervenção federal por enquanto.- Ela não se encontra no nosso horizonte. É uma medida séria e grave, mas achamos que o que o governo federal tinha que fazer foi feito. Não está nos nossos planos a idéia de intervenção - afirmou o ministro, que relatou ao presidente toda a situação pela qual o estado passa.Bastos disse ainda que depois de chegar de São Paulo conversou com o diretor da Polícia Federal e os superintendentes da PF em Rondônia sobre os problemas do estado. - É uma situação de que todos os poderes foram atingidos, de uma maneira ou de outra - comentou.Já Tarso Genro, disse que a prisão de representantes dos três poderes em Rondônia é um exemplo da ação da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União (CGU) para limpar a corrupção sistemática no estado.Ele também disse que ainda não é o momento de uma intervenção federal no estado: - O governo não carta nem descarta a intervenção porque esse é um instrumento legal e institucional que, se fosse realizado, o seria a partir de um determinado trâmite, mas não há cogitação interna sobre isso dentro do governo - encerrou.

Mais Sobre Política

UHE Jirau doa ônibus para colégio tiradentes de Jaci-Paraná

UHE Jirau doa ônibus para colégio tiradentes de Jaci-Paraná

Veículo será utilizado no transporte de alunos do Colégio para o Centro de Ciência e Tecnologia em Nova Mutum Paraná

ALE discute volta de vigilantes nas escolas de Rondônia

ALE discute volta de vigilantes nas escolas de Rondônia

Desde 2013 a segurança dos colégios é feita por monitoramento eletrônico

Servidores da ALE beneficiados com reajuste salarial

Servidores da ALE beneficiados com reajuste salarial

Mesa Diretora aprova projetos que beneficiarão servidores efetivos da ALE

TJRO adquire solução integrada com produtos Google

O Tribunal de Justiça de Rondônia aderiu à Ata de Registro do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, para aquisição de solução integrada de colab