Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Política

Golpe do telefone celular


A Polícia Militar, através do Centro de Inteligência já detectou de
onde partem as ligações de elementos dizendo que determinado parente foi
seqüestrado e pedem resgate em dinheiro, quantias irrisórias para determinada
classe da sociedade. Eles pedem também, créditos para telefones celulares.
O número que vem sendo utilizado para esta prática criminosa é 031 21
8610056. Agora falta descobrir quem está passando as informações do cotidiano
e os números dos telefones celulares das pessoas que recebem estas ligações.
Caso alguém ligue para você com estas ameaças, entre em contato com a
Polícia através dos telefones 190, 191, 193 informando sobre seqüestro
inclusive o número deixado em seu aparelho celular. Mesmo não aparecendo o
número de quem discou, ligue para que a Polícia possa identificar.

Fonte: Lenilson Guedes

Mais Sobre Política

Reunião na Assembleia Legislativa buscar solução para produtores rurais e por fim a bloqueio na BR-364

Reunião na Assembleia Legislativa buscar solução para produtores rurais e por fim a bloqueio na BR-364

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Reublicanos), comandou uma reunião no final da manhã desta terça-feira (22), com produtores rur

Presidente Alex Redano acompanha trabalho do Governo para a retomada das cirurgias eletivas

Presidente Alex Redano acompanha trabalho do Governo para a retomada das cirurgias eletivas

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), comemorou a retomada das cirurgias eletivas de menor risco, após o Governo acata

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Um dos setores mais afetados com a pandemia do coronavírus é o setor de eventos e entretenimento. Há mais de um ano parado, o segmento enfrenta inúm

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

O presidente da Câmara, João Paulo Pichek (Republicanos), disse que desde abril estava dialogando com o Sindicato dos servidores públicos de Cacoal