Porto Velho (RO) segunda-feira, 14 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

GillettePRESS: Dia Internacional do Livro


Dia Internacional do Livro  

Pouco se sabe sobre seu nascimento; mas, ele (o LIVRO) é o símbolo natural da sabedoria, e, o significado do conhecimento. Sua história começa, oficialmente, com o invento dos tipos móveis, pelo alemão Johanes Guttenberg, em 1438, que proporcionou a reprodução de obras, fazendo com que ficassem acessíveis a um maior número de pessoas. O primeiro livro a ser impresso foi a Bíblia. E, antes dessa invenção, os livros eram copiados à mão. No oriente, sua história é mais antiga, sendo que existem documentos japoneses impressos, datados entre 764 e 770.

 

A primeira Revolta da Armada

O dia 23 de novembro de 1891 registrou uma reação à atitude do presidente da República, marechal Deodoro da Fonseca, que, com dificuldades em negociar com a oposição, representada pela elite cafeicultora, em flagrante violação da Constituição, recém promulgada, ordenou o fechamento do Congresso Nacional. Unidades da Armada da Baía de Guanabara, sob a liderança do almirante Custódio de Melo, sublevaram-se, e, ameaçaram bombardear a cidade do Rio de Janeiro, então capital da República. Para evitar uma guerra civil, o marechal Deodoro renunciou à Presidência da República, nesta data (23 de novembro de 1891).

Com a renúncia de Deodoro, passados apenas nove meses do início de seu governo, o vice-presidente Floriano Peixoto assumiu o cargo (1892). A Constituição de 1891, no entanto, previa nova eleição, caso a Presidência, ou a Vice-Presidência ficasse vaga antes de decorridos dois anos de mandato. A oposição acusou, então, Floriano de manter-se ilegalmente à frente da nação.

 

Muito estranho...

PF confirma controle de tráfico por Beira-Mar, de dentro da prisão. A Polícia Federal deu início, ontem, à Operação Fênix. Depois de mais de um ano e meio de investigações, foi provado que Luiz Fernando da Costa, o "Fernandinho Beira Mar", mesmo preso, detinha o controle e dava ordens a seus advogados e parentes, em esquemas de crimes de tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro, homicídios, e tráfico de armas, entre outros.

- Mas, como? O que é, como é, o que tem uma prisão de segurança?

- Ah! Celular pode.

 

Da Silva não sabe

O ministro do STF Joaquim Barbosa informou que o ministro de Relações Institucionais Walfrido dos Mares Guia e o senador tucano Eduardo Azeredo foram denunciados pelo procurador-geral da República Antonio Fernando de Souza. Barbosa não soube precisar quais crimes cada um teria cometido de acordo com a denúncia, mas adiantou que, segundo o Ministério Publico, houve a prática de peculato e lavagem de dinheiro.

- Mas... mas... pérai!

 

Não-governamentais?

           ou

Não-governamenteis

 

O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Paraná Nestor Baptista afirmou que mais da metade das organizações não-governamentais (Ongs) não deveriam existir e, muito menos, receber recursos públicos. Ele disse que levantamento feito pelo Tribunal de Contas da União apurou que 54,5% das Ongs que recebem verbas do governo federal fazem uso irregular dos recursos.

Nestor Batista contestou, também, a cultura brasileira para Ongs: “No mundo inteiro ongs são mantidas pela iniciativa privada. Aqui, elas sobrevivem às custas do dinheiro público”.

 - Meu amigo Nestor: eu assino embaixo. (Aliás, desde o nosso tempo de Gazeta e TV Paranaense, você já pensava assim).

 

Quem disse que é só por aqui?

O ex-presidente da França Jacques Chirac foi indiciado por “desvio de dinheiro público”, em inquérito que investiga a criação de empregos fantasmas na prefeitura de Paris. Chirac foi prefeito da capital durante 18 anos, entre 1977 e 1995, quando assumiu a presidência do seu país.

Essa é a primeira vez na história política da França que um ex-presidente é indiciado.

 

Porque não falo de futebol,

meu amigo Zeca mandou o e-mail abaixo, que mostra muito bem como foi criada a nossa consciência negro-brasileira:

“No final do século XIX, os ingleses nos apresentaram o football. Antes, sem sucesso, tentaram o cricket. Charles Muller, com sua troupe, recebeu apoio total do governo brasileiro.

- Por quê?

- Era preciso “branquear” o país. Acabar com a capoeira, roda de lundu, e outras ocupações ociosas de negros, mulatos e brasileiros pobres.

- O popular futebol de hoje nasceu jogado por uma elite branca, em clubes fechados. Jogar, só para sócios, que pagavam altas mensalidades, e, possuíam dinheiro para comprar as caríssimas chuteiras e camisetas.

Por mais de 30 anos, pobres foram excluídos dos campeonatos oficiais. Negros, por decreto presidencial, foram proibidos de ser convocados para a primeira copa América, realizada na Argentina.

- A bola é democrática, se a de couro é cara, joga-se com a de meia, de papel, ou, de plástico. Chuteira é um detalhe pra quem tem pé de ferro, forjado na roça, no engenho, ou, na fábrica. E, o povo se apropriou do football, e, o transformou em futebol.

- Vasco, Inter de Porto Alegre, Atlético Paranaense, Corinthians, e mais alguns clubes brasileiros foram os primeiros a popularizar seus elencos. Muitos, como o Vasco, ficaram fora de seus campeonatos estaduais, porque escalaram negros em suas equipes.

- Muita coisa mudou. Mas, o racismo teima em rondar nossos estádios...”

(a) Zeka Chaves - posted by Antonio Anacleto

 

Para refletir

“O racismo é uma pobreza de cultura, de espírito, e de consciência." - Erdnashelly Silva de Moura.

 

Presentes de natal para brasileiro

 

 

                    Charge do dia
Dante Mendonça: dante@oestadodoparana.com.br 

GillettePRESS: Dia Internacional do Livro - Gente de Opinião

Mais Sobre Política

Adelino Follador participa de audiência pública que discutiu a instalação do IFRO em Buritis

Adelino Follador participa de audiência pública que discutiu a instalação do IFRO em Buritis

O deputado Adelino Follador (DEM) participou de audiência pública, na manhã da última sexta-feira (11), na Escola Estadual Buriti, em Buritis, onde fo

Deputado Ismael Crispin propõe debate sobre pesquisa cientifica e seu impacto

Deputado Ismael Crispin propõe debate sobre pesquisa cientifica e seu impacto

O deputado estadual Ismael Crispin (PSB) apresentou indicação à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, e teve aprovada a realização de audiência p

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Na manhã desta terça-feira (8), a Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Adailton Fu

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

Em reunião extraordinária nesta quinta-feira (3), a CPI criada pela Assembleia Legislativa de Rondônia para investigar abusos praticados pela Empres