Porto Velho (RO) segunda-feira, 14 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

GillettePRESS: Dia do Contador


 

 

 

 

 

Dia do Contador

Somos testemunhas dos acontecimentos que estão modificando a história e as crenças antes consolidadas e imutáveis. As empresas, outrora perenes, passam por transformações que lhe impõem ações rápidas. Seus produtos possuem vida curta e os investimentos em melhoria nos processos produtivos começam a ser suplantados pelos investimentos em desenvolvimento de novos produtos para novos mercados.

 

Ética

O contabilista, que domina um conjunto de conhecimentos e técnicas que expressam a linguagem do negócio e que servem para o processo de tomada de decisões, vem atuando nesse novo ambiente, que exige informações úteis, completas e corretas, e em curto espaço de tempo. O papel de extrema utilidade, passa por transformações de modo a tornar- se compatível com os novos tempos. Essas transformações, no entanto, não devem arranhar preceitos éticos, tão necessários a uma profissão e que devem permanecer, em sua essência, imutáveis, tais quais os princípios de contabilidade.

 

Responsabilidade

Esse é o desafio do Contador, adaptar-se às novas exigências, mas sem perder o compromisso ético que se espera de um profissional. Compromisso de seriedade, independência técnica, honestidade, sigilo, qualidade e responsabilidade. A importância dos serviços contábeis dependerá dos próprios contadores, que devem preocupar- se com a qualidade do serviço apresentado, com a precisão da informação transmitida, com a presteza na execução do serviço, com a atenção e prudência nos assuntos que lhe forem confiados.

 

Profissão ou ocupação

Como o exercício de uma profissão nas condições referidas resulta em relações peculiares com outras pessoas ou grupos de pessoas, é evidente que a regulamentação profissional deva incluir normas éticas de caráter específico, isto é, de ética profissional, muitas vezes reunidas e expedidas sob forma de código. A Ética profissional tem relação direta com a confiança que a sociedade deposita no especialista que executa determinado trabalho. Essa confiança decorre da diferença entre profissão e ocupação.

- Parabéns, meus colegas, por este dia!

 

Depoimentos questionados

Policiais experientes comparam os depoimentos de Bruno Lins a conversas de bêbado para delegado. Suas acusações ao ex-sogro levaram o Senado a abrir o quarto processo contra Renan Calheiros. Na Polícia Federal, em 6 de setembro, ele disse que R$ 150 mil para o ex-presidente do INSS saíram do pacote de R$ 1 milhão que pegou no BMG de Brasília. Dia 4, dissera à mesma PF que a propina saiu de R$ 300 mil que pegou em Belo Horizonte.  Na Polícia Civil-DF, Bruno Lins disse que cinco vezes pegou um total de R$ 3,8 milhões para o ex-sogro. Na PF, o valor caiu R$ 1 milhão em três vezes.

 

Plebiscito MST

O grito dos excluídos deste ano, mais pareceu um sussurro. Os primeiros dados sobre o plebiscito promovido pelo MST sobre a reestatização da Cia. Vale do Rio Doce mostram que poucas pessoas saíram de casa no feriado da Independência para votar. Foi muito barulho por nada.

- O que sem-terra tem a ver com VelérioDoce?

 

Queda e coice

Cortar cana, de sol a sol, deve ser de fato menos penoso do que tentar falar com Lula em Brasília. É o que sabe agora o lavrador que foi pedir ajuda ao presidente e acabou imobilizado por seguranças na porta do Planalto.

 

Protesto de conveniência

Ex-aspone do presidente Lula, Oded Grajew disse estar de luto - com razão - por causa do Senado. Pena que não disse o mesmo contra o mensalão ou quando o amigo e ex-deputado Emerson Kapaz, seu parceiro do Instituto Ethos, foi acusado de receber propina da Planam, no caso ''sanguessugas''.

 

Revolução dos bichos

O presidente garantiu que ''nem o governo Lula e nem o governo de qualquer outro ser humano poderia abrir mão da CPMF''. O dia em que animais governarem, ninguém tasca o posto do leão.

 

Vias obstruídas

Das 77 obras com irregularidades graves detectadas pelo Tribunal de Contas da União, 28 são do PAC, e 22 administradas pelo DNIT. A operação tapa-buraco do governo está mais para ''destampa-ralo'' do dinheiro público, do que benefício para a população.

 

Para refletir

"Qalquer analfabeto pode plantar um pé de petróleo." - Presidente Luiz Inácio da Silva

Fonte: roquevha@hotmail.com

 

Mais Sobre Política

Adelino Follador participa de audiência pública que discutiu a instalação do IFRO em Buritis

Adelino Follador participa de audiência pública que discutiu a instalação do IFRO em Buritis

O deputado Adelino Follador (DEM) participou de audiência pública, na manhã da última sexta-feira (11), na Escola Estadual Buriti, em Buritis, onde fo

Deputado Ismael Crispin propõe debate sobre pesquisa cientifica e seu impacto

Deputado Ismael Crispin propõe debate sobre pesquisa cientifica e seu impacto

O deputado estadual Ismael Crispin (PSB) apresentou indicação à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, e teve aprovada a realização de audiência p

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Na manhã desta terça-feira (8), a Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Adailton Fu

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

Em reunião extraordinária nesta quinta-feira (3), a CPI criada pela Assembleia Legislativa de Rondônia para investigar abusos praticados pela Empres