Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Fátima Cleide diz que procurador em Rondônia é vitima de perseguição


  
Em pronunciamento nesta terça-feira (20), a senadora Fátima Cleide (PT-RO) afirmou que o procurador da República em Rondônia Reginaldo Pereira da Trindade está sendo "duramente perseguido" pela estrutura do governo do estado. Isso ocorre, segundo ela, "porque o procurador cumpre o dever de fiscalizar a ação do agente público que governa Rondônia desde 2003".

- Não há dúvida em afirmar que o estado de Rondônia está sendo mal tratado e suas estruturas precisam ser mais bem cuidadas. Apesar da grande maioria de seus profissionais ter reputação ilibada e prestar relevantes serviços à população, alguns teimam em levar suas instituições para muito perto de um lamaçal indesejável. O Ministério Público Federal e a Polícia Federal atuam para impedir isso - afirmou.

Fátima Cleide frisou que o Ministério Público Federal de Rondônia é "vítima do implacável poder econômico de que dispõe o governo local". E disse ainda que dinheiro público é usado para financiar parte da mídia local com o único intuito de atacar desafetos pessoais e profissionais que têm a competência de fiscalizar a aplicação dos recursos públicos.

- Isso não deveria ser financiado com dinheiro do povo de Rondônia, que precisa, e bastante, de saúde, escolas decentes e segurança - disse.
Segundo Fátima Cleide, a campanha difamatória contra o procurador e o próprio Ministério Público Federal "não tem trégua". Disse que os ataques se intensificaram logo após a denúncia de compra de votos e chegam hoje a "níveis perigosos". Em 2006, 13 pessoas foram denunciadas por compra de votos, em esquema denunciado pelo Ministério Público Eleitoral, investigado pela Polícia Feder al e sobre o qual já existe manifestação do Tribunal Regional Eleitoral (TER) de Rondônia.

- A história da compra de votos é muito grave: testemunhas foram violentamente coagidas mediante o uso da máquina estadual, resultando na denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal no Supremo Tribunal Federal contra o governador do estado, em agosto de 2007 - afirmou.
No último dia 12, o Ministério Público Federal divulgou nota em que condena a campanha difamatória movida contra a atuação de seus representantes em Rondônia.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Política

Polícia Federal deflagrou a Operação Grand Bazaar, que  investiga fraude em fundos de pensão

Polícia Federal deflagrou a Operação Grand Bazaar, que investiga fraude em fundos de pensão

Por determinação do Supremo Tribunal Federal, a Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (21) a Operação Grand Bazaar, visando desarticular um “esquema cri

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Após a vereadora Cristiane Lopes (PP) ir até o Ministério Público Estadual (MP/RO), para relatar os problemas das obras de pavimentação dos bairros Fl

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mais de 1700 parlamentares e parceiros da ONU e da sociedade civil de todo o mundo estão reunidos em Belgrado, na Sérvia, onde acontece a 141ª Assembl

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

A Comissão de Educação e Cultura (CEC), da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (16), para deliberar projetos e voltou a di