Porto Velho (RO) terça-feira, 15 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

EXAME DA OAB: Unificação revela qualidade do ensino jurídico em Rondônia



Unificação revela que qualidade do ensino jurídico em Rondônia se equipara ao de outras regiões
 

A unificação do exame de ordem da OAB demonstrou que o ensino jurídico em Rondônia não é deficitário, quanto alguns querem fazer crer. Se fizermos um comparativo vamos verificar que Rondônia mantém o mesmo índice de aprovação dos outros estados. A observação é do presidente da Seccional Rondônia da Ordem dos advogados do Brasil, Hélio Vieira, ao abrir o segundo dia do Seminário Brasileiro de Ciências Jurídicas promovido pela Uniron em parceria com a Escola Superior de Advocacia da OAB.

Hélio afirmou que, desde que assumiu a presidência da OAB, em janeiro de 2007, estabeleceu um cronograma de trabalho junto com as faculdades que têm curso de direito, buscando elevar a qualidade do ensino jurídico. "Primeiro, porque entendo que isso é contribuir para a cidadania, depois porque devemos considerar que ainda estamos na fase inicial do ensino superior em Rondônia e não podemos exigir que as escolas já tenham o mesmo nível de instituições com quase um século de experiência, como existe em outras regiões do país", disse.

Mas de uma coisa o presidente da OAB Rondônia disse estar certo. "Caiu o mito de que nossos bacharéis têm nível inferior aos formados no Sul e Sudeste. Os índices de aprovação se mantêm em torno de 22 por cento na média nacional", disse, acrescentando que o trabalho da OAB junto às faculdades é exatamente no sentido de buscar essa melhoria e proporcionar maior número de aprovados no exame de ordem.

Fim do exame

Hélio Vieira disse, ainda, que não acredita na aprovação de projetos que propõem o fim do exame de ordem para acesso a advocacia. "Acabar com o exame seria premiar aquelas faculdades que não se importam com a qualidade do ensino. Elas funcionam em instalações precárias, inadequadas à formação intelectual de nossos advogados, promotores e juízes", reiterou o presidente da OAB. Segundo Vieira, os próprios bacharéis de Rondônia perceberam que é só estudar um pouco mais que é possível ser aprovado no exame de ordem, "que não é nenhum bicho papão".

Fonte: Ascom/OAB-RO

Mais Sobre Política

Adelino Follador participa de audiência pública que discutiu a instalação do IFRO em Buritis

Adelino Follador participa de audiência pública que discutiu a instalação do IFRO em Buritis

O deputado Adelino Follador (DEM) participou de audiência pública, na manhã da última sexta-feira (11), na Escola Estadual Buriti, em Buritis, onde fo

Deputado Ismael Crispin propõe debate sobre pesquisa cientifica e seu impacto

Deputado Ismael Crispin propõe debate sobre pesquisa cientifica e seu impacto

O deputado estadual Ismael Crispin (PSB) apresentou indicação à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, e teve aprovada a realização de audiência p

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Na manhã desta terça-feira (8), a Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Adailton Fu

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

Em reunião extraordinária nesta quinta-feira (3), a CPI criada pela Assembleia Legislativa de Rondônia para investigar abusos praticados pela Empres