Quarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Em RO. Arrecadação aumenta 126,5% e salário 15,5%


Arrecadação em Rondônia aumenta 126,5%
e salários apenas 15,5% no atual governo

Estudos elaborados pela Central Única dos Trabalhadores (CUT-RO), com base em dados oficiais, comprovam que a arrecadação de tributos em Rondônia cresceu 126,65% no atual governo. Em 2002, último ano do governo Bianco, foram arrecadados R$ 662 milhões, enquanto que em 2006 aumentou para 1 bilhão e 500 milhões de reais. No mesmo período os servidores do executivo tiveram reajustes de 10% em 2004 e 5% em 2006, totalizando 15,5% nestes quatro anos e cinco meses de mandato.

A inflação oficial, medida pelo INPC do IBGE, de janeiro de 2003, mês da posse do governador Ivo Cassol, até abril de 2004, totalizou 28,57%, que, compensados os 15,5% de reajuste salarial concedidos pelo governo, os servidores estaduais ainda acumulam uma perda de 11,32% na atual gestão. No mesmo período a arrecadação de tributos em Rondônia cresceu 126,65%. Descontada a inflação, o aumento real da receita foi de 76,28%.

Relatórios oficiais, do próprio governo, que os sindicatos tiveram acesso, projetam a arrecadação total em 2007, incluindo os recursos próprios das Autarquias, Fundações e Fundos em R$ 3,370 bilhões, dos quais serão deduzidos R$ 314 milhões de transferências aos municípios, totalizando R$ 3,055 bilhões neste ano. O relatório oficial considera que há perspectivas concretas da arrecadação real superar estes valores. Tal perspectiva encontra-se expressa no seu art. 3º, § 2º, quando diz que "Em caso de excesso de arrecadação de recursos próprios, o valor será repartido de forma proporcional ao orçado entre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, o Ministério Público do Estado e a Defensoria Pública".

Estudos demonstram que desde a posse do governador Ivo Cassol, em 2003, as despesas com folha de pagamento vem caindo ano a ano, proporcionalmente à arrecadação; sendo que a folha, que já esteve próxima do limite de 49% estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, em 2007 representou apenas 37,86% da arrecadação. Isto demonstra, matematicamente, que o Governo do Estado tem uma grande margem de negociação, que permitiria repor todas as perdas da gestão Cassol sem atingir o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Em reunião realizada na sede do Sindicato dos Fiscais do Estado, na segunda-feira, dia 22/05, representantes dos sindicatos de servidores estaduais decidiram que a prioridade da categoria, neste momento, será a luta para garantir a reposição das perdas salariais acumuladas no atual governo, que possui folga no limite da Lei de Responsabilidade Fiscal e registra um extraordinário crescimento orçamentário, o que viabiliza a reposição integral das perdas.

Fonte: Adércio Dias


Gente de OpiniãoQuarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Emenda do deputado Ribeiro movimenta mais de 500 atletas no campeonato estadual de Jiu-Jitsu

Emenda do deputado Ribeiro movimenta mais de 500 atletas no campeonato estadual de Jiu-Jitsu

O ginásio Cláudio Coutinho, em Porto Velho, recebeu entre os dias 08 e 09 de junho, mais de 500 atletas que participaram do Campeonato Estadual de J

Empresário Daniel Moraes Pit Bull anuncia pré-candidatura a vereador em Candeias do Jamari

Empresário Daniel Moraes Pit Bull anuncia pré-candidatura a vereador em Candeias do Jamari

O cenário político em Candeias do Jamari se aquece com a recente novidade da pré-candidatura do empresário Daniel Moraes Pit Bull, filiado ao partid

CCJR discute projeto sobre horários de provas de concursos públicos em Rondônia

CCJR discute projeto sobre horários de provas de concursos públicos em Rondônia

A Comissão de Constituição e Justiça e de Redação (CCJR) distribuiu e deliberou projetos durante reunião ordinária, na manhã desta terça-feira (11).

Doutor Aparício Carvalho e deputado federal Thiago Flores assumem o partido Republicanos em Rondônia

Doutor Aparício Carvalho e deputado federal Thiago Flores assumem o partido Republicanos em Rondônia

O partido Republicanos assume uma nova configuração. O empresário, Médico Psiquiatra, ex-Deputado Federal e ex-Vice-Governador de Rondônia, Aparício

Gente de Opinião Quarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)