Porto Velho (RO) segunda-feira, 4 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Política

Eleições 2010: Confúcio diz em debate que Rondônia repudia o continuísmo


 
Vencedor do primeiro turno, o candidato do PMDB ao governo Confúcio Moura marcou, nesta quarta-feira (13), as diferenças entre suas propostas e as do governador João Cahulla (PPS), que disputa a reeleição, mostrando que a derrota do candidato palaciano expressa a mais veemente repulsa dos rondonienses aos planos de continuísmo do seu governo.

“A população quer mudança, quer novas propostas. Quer, sobretudo, o fim da tirania, da opressão. O povo quer respirar liberdade”, declarou o peemedebista.

A declaração de Confúcio Moura foi feita durante o debate promovido pela Rede TV Rondônia, à noite, em Porto Velho.

“A saúde está em crise. Nos hospitais do governo o horror é o que todos conhecem. Se os prefeitos não investissem muito mais do que determina a lei, seria o caos”, disse o candidato da coligação “Aliança” sobre o setor público de saúde do Estado.

Confúcio Moura citou sua experiência na área - é médico, foi secretário estadual de Saúde e implantou o SUS –, lembrando que a estrutura montada parou no tempo há oito anos está sendo mantida do mesmo tamanho pelo governo mesmo com a explosão populacional do Estado.
Acompanhe um resumo da participação de Confúcio no debate da RedeTV.

ALIANÇAS


“Não entendo porque você fala mal dos meus aliados hoje. Você bem que quis todos eles no seu palanque no começo do processo eleitoral. Eles não quiseram andar ao seu lado porque o seu palanque é muito ruim”, disse Confúcio Moura ao rebater as tentativas de Cahulla de desqualificar suas alianças.

Confúcio disse que procurou os partidos cujos candidatos ficaram pelo primeiro turno, como foi o caso do PT, do PSB e do PSDB. “É dever de qualquer candidato buscar alianças amplas e sólidas para vencer as eleições e garantir a governabilidade”, acrescentou.

ABORTO


“Sou médico, sou parteiro, sou clínico. Minha esposa é ginecologista e obstetra. Dezenas de rondonienses vieram ao mundo por minhas mãos. Sou radicalmente contra o aborto”, garantiu Confúcio Moura ao ser questionado sobre o tema pelo seu oponente.


HABITAÇÃO


Confúcio Moura lembrou que, apesar de o Estado ter à disposição os recursos do FIHTA, o governo de Rondônia não construiu uma única casa nos últimos oito anos.

Afirmou ainda que, quando prefeito de Ariquemes, iniciou a construção de moradias populares – programa que continua avançando na atual administração municipal – sem qualquer apoio do governo estadual.

“Mas isso vai mudar. A partir de 1º de janeiro, Rondônia vai conhecer o maior programa habitacional da sua história”, garantiu Confúcio.

EDUCAÇÃO

Confúcio Moura revelou que dados da Secretaria Estadual de Educação dão conta de que, de acordo com o IDEB, os índices educacionais de Rondônia estão estagnados, sendo que alguns deles estão retrocedendo.

“Não estou aqui comemorando isso. Pelo contrário, acho isso trágico. E não sou eu quem está dizendo isso. São dados da própria Seduc. Então, a educação em Rondônia precisa ser repensada, replanejada. E isso é coisa que só um novo governo pode fazer. E o novo, aqui, sou eu”, afirmou.

SEGURANÇA

Confúcio Moura disse que o Estado precisa estabelecer metas de redução da criminalidade.

“Hoje vivenciamos uma guerra civil entre nós mesmos. Vou recuperar delegacias e quartéis”, disse.

Segundo Confúcio Moura, Os policiais militares estão amordaçados nos quartéis, os agentes penitenciários têm os piores salários do país e a Polícia Técnica está tão abandonada que nem inspira mais respeito.

“Ela tem de ser resgatada. Enfim, a segurança em Rondônia precisa passar por uma completa reestruturação. O atual governo teve oito anos para fazer isso. Não fez porque não teve vontade política. Mas nós vamos fazer”, garantiu

CONSIDERAÇÕES FINAIS


Ao final do debate, Confúcio Moura agradeceu o apoio recebido de outros partidos e de várias representações da sociedade organizada, e disse que está sendo humilde o suficiente para incorporar ao seu programa de governo alguns pontos defendidos no primeiro turno por concorrentes que hoje o apóiam.

“Com isso, estou crescendo muito como candidato e o nosso programa de governo está amadurecendo muito mais”.

E concluiu: “A população de Rondônia quer mudança, quer um novo governo. E quem oferece a mudança e a novidade aqui sou eu. Por isso coloco meu nome, o meu projeto para a avaliação do eleitor para que, juntos, possamos trazer os ares da liberdade que Rondônia tanto demonstrou querer ao me dar a vitória em 03 de outubro”.

Fonte: Ascom

 

Mais Sobre Política

Rosangela Donadon viabiliza maior ação estrutural em política sobre drogas da história de Rondônia

Rosangela Donadon viabiliza maior ação estrutural em política sobre drogas da história de Rondônia

Viabilizado com recursos oriundos de emenda ao Orçamento Estadual apresentada pela deputada estadual Rosangela Donadon, começa a ser executado ainda

Deputada Mariana inaugura campos de futebol e cozinha do hospital municipal em Monte Negro

Deputada Mariana inaugura campos de futebol e cozinha do hospital municipal em Monte Negro

Ao lado do prefeito Ivair Fenandes e vereadores de Monte Negro, a deputada federal Mariana Carvalho realizou a entrega oficial à população do campo su

Parlamentar preside sessão para entrega de homenagens da Assembleia Legislativa

Parlamentar preside sessão para entrega de homenagens da Assembleia Legislativa

O deputado Dr. Neidson (Podemos) presidiu sessão solene para entrega de homenagens a policiais e bombeiros militares, enfermeiros do Hospital do Amo

Ex-presidente do MDB e ex-prefeitos firmam apoio a José Guedes

Ex-presidente do MDB e ex-prefeitos firmam apoio a José Guedes

O pré-candidato a Governador pelo PSDB, José Guedes, recebeu o apoio do ex-Presidente do MDB, ex-Prefeito de Porto Velho, Dr. Tomas Correia; do ex-P