Porto Velho (RO) segunda-feira, 4 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Política

Eleições 2010: 135 milhões têm o desafio de decidir o futuro do país


 
Priscilla Mazenotti
Agência Brasil

Brasília - Os 135 milhões de eleitores que vão às urnas hoje (3) têm o desafio de escolher entre os 21,8 mil candidatos em todo o país aqueles que representam melhor suas ideias, propostas e convicções políticas.

A maior parte do eleitorado brasileiro é formada por adultos jovens: 32,7 milhões (24,1%) têm entre 25 e 34 anos. Além disso, há 2,3 milhões (1,76%) de jovens com 16 e 17 anos que, apesar de não serem obrigados a votar, vão às urnas pela primeira vez neste pleito que vai eleger os ocupantes de seis cargos: presidente, governador, senador e deputados federal, estadual e distrital.

As sessões eleitorais estarão abertas até as 17h e, diante da quantidade de cargos a serem escolhidos, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomenda o uso de uma cola com o número, nome e partido do candidato em que o eleitor deseja votar. O TSE lembra que o cidadão deverá levar um documento oficial de identificação com foto: carteira de identidade, de trabalho ou de motorista, por exemplo.

A ordem de votação definida pelo TSE será a seguinte: deputado estadual ou distrital, deputado federal, senador, governador e presidente. É preciso ficar alerta ao sinal sonoro da urna eletrônica confirmando o voto antes de passar para a escolha do cargo seguinte. Ao final, aparecerá a palavra fim na tela da urna.

No dia da eleição e dentro da seção eleitoral, o eleitor poderá usar broche e adesivos de seu candidato ou partido, mas a manifestação de seu voto deverá ser silenciosa. A legislação eleitoral não permite boca de urna ou qualquer tipo de tentativa de influenciar o voto de outras pessoas, especialmente perto das seções eleitorais.

Em 120 municípios, a eleição vai contar com o auxílio de tropas federais para garantir a tranquilidade na votação e na apuração dos resultados.

Os eleitores que não puderem comparecer às urnas e não se inscreveram para votar em trânsito deverão justificar a ausência. A justificativa poderá ser feita hoje em qualquer lugar de votação ou até o dia 2 de dezembro para o primeiro turno e 30 de dezembro para o segundo turno, em qualquer cartório eleitoral.

Mais Sobre Política

Rosangela Donadon viabiliza maior ação estrutural em política sobre drogas da história de Rondônia

Rosangela Donadon viabiliza maior ação estrutural em política sobre drogas da história de Rondônia

Viabilizado com recursos oriundos de emenda ao Orçamento Estadual apresentada pela deputada estadual Rosangela Donadon, começa a ser executado ainda

Deputada Mariana inaugura campos de futebol e cozinha do hospital municipal em Monte Negro

Deputada Mariana inaugura campos de futebol e cozinha do hospital municipal em Monte Negro

Ao lado do prefeito Ivair Fenandes e vereadores de Monte Negro, a deputada federal Mariana Carvalho realizou a entrega oficial à população do campo su

Parlamentar preside sessão para entrega de homenagens da Assembleia Legislativa

Parlamentar preside sessão para entrega de homenagens da Assembleia Legislativa

O deputado Dr. Neidson (Podemos) presidiu sessão solene para entrega de homenagens a policiais e bombeiros militares, enfermeiros do Hospital do Amo

Ex-presidente do MDB e ex-prefeitos firmam apoio a José Guedes

Ex-presidente do MDB e ex-prefeitos firmam apoio a José Guedes

O pré-candidato a Governador pelo PSDB, José Guedes, recebeu o apoio do ex-Presidente do MDB, ex-Prefeito de Porto Velho, Dr. Tomas Correia; do ex-P