Quinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

DNIT fortalece fiscalização com nova frota de veículos


Para ampliar sua capacidade de fiscalização e de atendimento aos usuários das rodovias federais em Rondônia e Acre a Superintendência Regional do DNIT está colocando em operação em pontos estratégicos dos dois estados sua nova frota de utilitários Mitsubishi. A Superintendência do DNIT recebeu cinco camionetas 0 km, que serão utilizadas na fiscalização das estradas federais. Foram também incorporados ao patrimônio do órgão três novos “Renault Clio”, que também serão empregados no fortalecimento das ações no estado.

A preocupação do superintendente regional do DNIT, José Ribamar da Cruz Oliveira decorre da proximidade do período de chuvas, no qual as rodovias são seriamente atingidas, especialmente a BR-364, que também sofre com o tráfego intenso de caminhões pesados. E mesmo com o trabalho das empresas responsáveis pela manutenção e conservação das rodovias, os estragos causados pelas chuvas são praticamente inevitáveis. Especialmente porque a BR-364, cujo asfalto, com trechos que já superam os 30 anos, não foi projetada para receber tamanho volume de rodotrens que por eles trafegam diariamente.

Oliveira explica que o DNIT está agora melhor aparelhado para realizar o acompanhamento permanente das condições das estradas, o que sem dúvida irá possibilitar uma atenção mais rápida aos trechos mais críticos. Mas adverte que Rondônia somente poderá deixar de conviver com problemas nas estradas a cada período chuvoso a partir da recuperação total da BR-364, da divisa com o Mato Grosso até à divisa com o Acre. O projeto da obra já está em fase final de licitação, mas ela foi interrompida por um recurso interposto por uma empresa derrotada no processo. O recurso será julgado pela Comissão de Licitação do órgão.

Segundo o superintendente regional do DNIT, o trabalho é bastante amplo, já que deverá contemplar a reforma e alargamento de todas as pontes e bueiros, adequação do leito da rodovia à nova realidade do transporte pesado, construção de terceiras pistas em trechos mais críticos, como a chamada “curva da morte” , bem como de todo o trecho de serra com curvas extremamente perigosas perto de Jaru. “Enquanto a nova estrada não chega, porém, estamos nos aparelhando para enfrentar rapidamente as dificuldades e reduzir o desconforto e a insegurança dos usuários, tarefa que poderá ser melhor desempenhada com a nova frota de veículos” – concluiu ele.

Fonte: Carlos Henrique

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Deputado Alex Redano busca junto ao DER recurso para Guajará-Mirim

Deputado Alex Redano busca junto ao DER recurso para Guajará-Mirim

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) recebeu no último dia 12 de junho (quarta-feira) uma demanda para solucionar a drenagem pluvial na a

Deputada Federal Cristiane Lopes anuncia investimentos em Visitas a Vilhena, Espigão D'Oeste e Cacoal

Deputada Federal Cristiane Lopes anuncia investimentos em Visitas a Vilhena, Espigão D'Oeste e Cacoal

Cumprindo uma intensa agenda pelo interior de Rondônia, a deputada federal Cristiane Lopes (União Brasil) visitou na última semana os municípios de

Assembleia Legislativa assegura apoio a 3ª Feira Científica, em Rolim de Moura

Assembleia Legislativa assegura apoio a 3ª Feira Científica, em Rolim de Moura

A cidade de Rolim de Moura receberá nos dias 8 e 9 de agosto a 3ª Feira Científica. O fórum, organizado pelo Instituto Mocam - Movimento Científico

Presidente Laerte Gomes destaca sucesso do 1º Fórum do Parlamento Amazônico em Brasília

Presidente Laerte Gomes destaca sucesso do 1º Fórum do Parlamento Amazônico em Brasília

Sob a presidência do deputado estadual Laerte Gomes (PSD), o Parlamento Amazônico se reuniu na tarde da última terça-feira (19), na Câmara dos Deput

Gente de Opinião Quinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)