Porto Velho (RO) sábado, 28 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Política

Dia do trabalhador portuário é marcado por conquistas


“O porto é minha segunda casa. Estou bem feliz fazendo o que faço e não me imagino trabalhando em outro lugar. Só saio daqui em um caixão ou prá aposentadoria.” É dessa forma apaixonada que o conferente de cargas, Amazonas Santiago de Oliveira, 40 anos, define suas atividades no Porto Organizado de Porto Velho.

A paixão se justifica. O envolvimento de Amazonas Santiago com o trabalho no porto começou bem cedo. Aos 11 anos de idade! Quando o terminal portuário ainda era administrado pela antiga Portobrás. “Antigamente não tinha mão de obra qualificada e as empresas tinham uma carência muito grande de pessoal. Por isso comecei cedo”, diz sobre o emprego precoce.

Primeiro, atuou como ajudante portuário na função de “maniqueiro” (pessoa que engata e desengata a carreta em cima da balsa). Depois foi trabalhar como vistoriador fazendo inspeções nas cargas transportadas pelos veículos.

Hoje trabalha monitorando o acesso de pessoas e veículos ao cais flutuante. É dele a responsabilidade de checar se quem vai ao cais está de capacete, sapatos adequados, dentre outros requisitos.

Além de ser feliz, exercendo o que gosta, Amazonas se orgulha do local onde trabalha. Observou, bem de perto, todas as mudanças que ocorreram no Porto da Capital nas últimas três décadas e é testemunha fiel dos avanços e conquistas alcançados.

Viu a movimentação de carga saltar das modestas 50 mil toneladas, há trinta anos, para quase 3.400.000 milhões em 2013. E sabe reconhecer o empenho do Governo do Estado e da diretoria da Sociedade de Portos e Hidrovias do Estado de Rondônia (SOPH) para obter estes resultados.

“Nos últimos três anos, houve muitos investimentos do governo estadual. Hoje o porto tem outro nível e uma estrutura de embarque e desembarque maior do que tinha antes. Muita gente, antes, deixava de investir no porto. Hoje, tudo está se modernizando por causa dos recursos aplicados”, destacou.

O conferente de cargas espera que as mudanças estruturais realizadas no Porto e os investimentos em novos equipamentos continuem a atrair mais empresas. “Esses anos todos que estou aqui, percebi que tem muita gente que ainda não sabe reconhecer a principal característica do porto: que é contribuir para o desenvolvimento do Estado. É aqui se escoam milhares de mercadorias para o Brasil e para o mundo e se gera impostos para Rondônia”.

Para o diretor-presidente da SOPH, Ribamar Oliveira, todos os investimentos realizados na infraestrutura portuária seriam nulos, não fosse o empenho, a garra e a paixão de pessoas como o conferente Amazonas, “que fez do Porto a sua segunda casa e, com seu trabalho, contribuiu ao longo dessas três décadas para o desenvolvimento do Estado de Rondônia”, destacou.

Oliveira acrescentou ainda que irá se empenhar para garantir novos avanços para o trabalhador portuário, a exemplo do concurso, que está com as inscrições abertas, e que irá prover 26 novos postos de trabalho no Porto Organizado da Capital. “Penso que temos que lutar pela preservação de direitos, avanços sociais e a defesa do porto público”, encerrou.

Dia do trabalhador portuário

O dia do Trabalhador Portuário foi instituído pela portaria nº 062/1991 da antiga Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH). A data remete a 28 de janeiro de 1808, data em que Dom João VI assinou a Carta Régia da Abertura dos Portos às Nações Amigas.

A assinatura do documento foi de extrema importância para o país, pois implicou no fim do monopólio português sobre o comércio no Brasil. Após essa data, produtos de outros países poderiam ser desembarcados nos portos brasileiros, como também os produtos daqui poderiam ser comercializados em outras nações.

Texto: Josi Gonçalves / Decom

 

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano diz que Sessão Itinerante na Rondônia Rural Show aproxima o Legislativo da população

Presidente Alex Redano diz que Sessão Itinerante na Rondônia Rural Show aproxima o Legislativo da população

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), disse que a realização da Sessão Itinerante em Ji-Paraná, durante a 9ª edição da

Comissão Geral da Assembleia discute desenvolvimento do agronegócio e o futuro da Rondônia Rural Show

Comissão Geral da Assembleia discute desenvolvimento do agronegócio e o futuro da Rondônia Rural Show

Durante a comissão geral em que foi transformada a Sessão Itinerante da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira, 26, realizada durante a Rondônia

Proposta pelo deputado Laerte Gomes solenidade realizada na 9ª RRS outorga Medalhas do Mérito Legislativos a membros da PRF, PM e PC

Proposta pelo deputado Laerte Gomes solenidade realizada na 9ª RRS outorga Medalhas do Mérito Legislativos a membros da PRF, PM e PC

Durante a Sessão Itinerante da Assembleia Legislativa realizada na 9ª edição da Rondônia Rural Show Internacional 2022, nesta quinta-feira (26), no

Iniciada obra das novas passarelas na BR 364 com recursos indicados por Mariana Carvalho

Iniciada obra das novas passarelas na BR 364 com recursos indicados por Mariana Carvalho

Foi iniciada a obra de construção da primeira de seis passarelas que serão erguidas sobre a BR 364, no trecho urbano de Porto Velho. As novas traves