Domingo, 21 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Deputados aprovam revisão anual dos servidores da Assembleia Legislativa

Proposição foi votada em sessão extraordinária.


Deputados aprovam revisão anual dos servidores da Assembleia Legislativa - Gente de Opinião

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou o Projeto de Lei Complementar 77/2024, de autoria da Mesa Diretora, que concede revisão anual aos servidores efetivos da Casa Legislativa. A proposição foi votada em sessão extraordinária, na manhã desta sexta-feira (14). 

A recomposição salarial será feita em duas etapas. A partir de 1º de junho de 2024, a revisão será de 6%. A partir de 1º de julho, será acrescido mais um 1%, ou seja, em julho, a revisão será de 7%. Esses percentuais visam recompor o poder de compra da remuneração do servidor diante da inflação. 

A revisão geral anual é uma garantia constitucional, determinada no artigo 37 da Constituição Federal, e já estava prevista na Lei Orçamentária Anual (LOA). “Reconhecemos e valorizamos o trabalho dos servidores efetivos desta Casa, que contribuem para que a nossa Assembleia seja referência”, enfatiza o presidente da Alero, deputado Marcelo Cruz (PRTB). 

Coral Vozes do Legislativo 

Os parlamentares aprovaram o Projeto de Lei 515/2024, de autoria da Mesa Diretora, que inclui o Coral Vozes do Legislativo (CVL) na estrutura organizacional do Departamento de Cerimonial. A proposição também institui o auxílio CVL para os servidores que são membros. 

O valor do auxílio e outros detalhes do coral serão definidos em Projeto de Resolução, que deve ser apresentado após a sanção do Projeto de Lei 515/2024. O CVL tem o objetivo de valorizar a cultura organizacional da Alero, bem como promover a cultura e contribuir para o bem-estar dos servidores. 

Plano de Aposentadoria Incentivada 

Na sessão extraordinária desta sexta-feira, os deputados ainda aprovaram o Projeto de Lei 511/2024, de autoria da Mesa Diretora, que institui, em caráter temporário, o Plano de Aposentadoria Incentivada (PAI). A adesão será feita por meio de benefícios financeiros para os servidores efetivos e celetistas da Alero, aptos a aposentadoria. 

O incentivo de adesão ao PAI corresponde à indenização de cinco remunerações brutas do cargo efetivo, incluída parcela eventual do cargo ou da função em comissão que exerce o servidor e os respectivos auxílios instituídos por lei. O plano visa diminuir os valores da folha de pagamento mensal da Alero. 

Os projetos foram aprovados por todos os deputados presentes e seguem para a sanção do Poder Executivo. A população pode acompanhar as sessões presencialmente, ou pelo canal da TV Assembleia, 7.2, ou ainda pelo canal no YouTube.

Gente de OpiniãoDomingo, 21 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Assembleia Legislativa aprova R$ 20 milhões para Instituto de Previdência

Assembleia Legislativa aprova R$ 20 milhões para Instituto de Previdência

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou o Projeto de Lei 526/2024, de autoria do Poder Executivo, que destina mais de R$ 20 milhões par

PEC que regula afastamento de servidores públicos no período eleitoral é aprovada na Alero

PEC que regula afastamento de servidores públicos no período eleitoral é aprovada na Alero

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou nesta sexta-feira (19) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 12/2024, de autoria coleti

Deputado Ribeiro do Sinpol destina emenda para governador Jorge Teixeira

Deputado Ribeiro do Sinpol destina emenda para governador Jorge Teixeira

Pelo segundo ano consecutivo, a Exposição Agropecuária de Jorge Teixeira (Expojorge) foi realizada com sucesso no município. Para a realização do ev

Eleições 2024: MP Eleitoral busca garantir cumprimento de cota de gênero em Rondônia

Eleições 2024: MP Eleitoral busca garantir cumprimento de cota de gênero em Rondônia

O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) expediu a Instrução PRE/RO nº 01/2024 aos promotores eleitorais em Rondônia, com o objetivo de assegur

Gente de Opinião Domingo, 21 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)