Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política

D. Antonio Possamai comenta Operação Dominó


O Bispo diocesano de Ji-Paraná (RO), Dom Antônio Possamai, disse ontem, dia 18, em entrevista concedida ao Jornal Diário da Amazonia que o atual momento de Rondônia já havia sido alertado já há 15 anos, quando foi publicado um documento denominado “Pessoa, Ética e Sociedade”, mostrando justamente a falta de compromisso das autoridades constituídas com o povo. O comportamento anti-ético, com os poderes se julgando intocáveis. “Tudo isto que está acontecendo nos dias de hoje, a igreja já alertava há muito tempo”, afirmou Dom Antônio Possamai. Para ele a intervenção é um remédio amargo, mais claramente necessário.

Para Dom Antônio, o momento é vergonhoso por que a recente história política do Brasil não vem mostrando ao povo motivos  para se acreditar em punições. Mais ao mesmo tempo, um acontecimento considerado muito promissor, uma posição corajosa, e quem sabe, o início da restauração da dignidade política. Ele lembrou ainda que há três anos deveria ser colocada em prática a operação “Mamoré”. Na época, segundo ele, poucas pessoas foram detidas, mais logo soltas e hoje algumas delas concorrem tranqüilamente a cargos políticos. “Hoje há pessoas dignas nos poderes, mais sem capacidade de agir”, afirma.

Intervenção

Sobre uma possível intervenção no Estado por parte do Governo Federal, Dom Antônio Possamai disse não acreditar nesta possibilidade, apesar de ser ele totalmente favorável a essa medida. “É um remédio amargo, mais plenamente necessário para um doente chamado Rondônia”, disse. Ele finalizou dizendo também acreditar na participação em outras pessoas ligadas ao governo nestes desvios de recursos, calculados pela Polícia Federal em cerca de R$ 70 milhões.

Fonte: CNBB

Mais Sobre Política

MP recomenda que Prefeito de Monte Negro adote medidas de combate ao nepotismo

MP recomenda que Prefeito de Monte Negro adote medidas de combate ao nepotismo

O Ministério Público de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Ariquemes, expediu recomendação ao Prefeito de Monte Negro, Evandro Marques da

Governo de Rondônia encaminha ao STF pedido de análise de proposta de renegociação da dívida do Beron

Governo de Rondônia encaminha ao STF pedido de análise de proposta de renegociação da dívida do Beron

Após a assinatura do sétimo termo aditivo de repactuação da dívida do Banco do Estado de Rondônia (Beron), foi questionado pela União o pagamento do v

Feminicídio é destaque da Semana da Justiça pela Paz em Casa

Feminicídio é destaque da Semana da Justiça pela Paz em Casa

O caso de uma adolescente de 17 anos, morta em Cerejeiras(RO), é um dos júris em que o Ministério Público pretende provar a ocorrência de feminicídio

Procurador-Geral de Justiça do MPRO participa de reunião com a presidente do STF sobre Cadastro nacional de Presos

Procurador-Geral de Justiça do MPRO participa de reunião com a presidente do STF sobre Cadastro nacional de Presos

O Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Rondônia, Airton Pedro Marin Filho, participou na tarde de segunda-feira (20/08) da r