Quarta-feira, 24 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

CUT defende entendimento para evitar greve no Judiciário


O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT-RO), Itamar dos Santos Ferreira, defendeu ontem (28/03), um entendimento entre o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia e a direção do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (SINJUR) visando o atendimento das reivindicações da categoria e, com isso, afastar uma possível paralisação dos trabalhos no Judiciário com a iminência de uma greve no setor.

A direção do SINJUR está encontrando dificuldades para dialogar diretamente, em mesa de negociação, com o presidente do TJ, desembargador Moreira Chagas. No entendimento da Central Única dos Trabalhadores (CUT), sem uma negociação efetiva não restará alternativa para a categoria que não seja ampliar a mobilização, inclusive com possibilidade de greve nos próximos dias.
 
Na última segunda-feira, 26/03, o presidente do SINJUR, Israel Borges, esteve com o presidente do TJ em busca de soluções às reivindicações da categoria. Desde setembro de 2006, quando a pauta foi entregue ao Judiciário, os servidores solicitam que a administração do TJ acompanhe as reivindicações com mais objetividade. O presidente do órgão comprometeu-se em responder por escrito aos itens da pauta ainda nesta semana.
 
O presidente da CUT-RO, Itamar Ferreira, reafirmou total apoio ao SINJUR na luta da categoria, e propôs uma passeata nos próximos dias caso as negociações não sejam solucionadas, com o objetivo de demonstrar ainda mais a insatisfação da categoria. “O diálogo entre o SINJUR e o TJ/RO é fundamental para dar rumos mais concretos às negociações a favor dos servidores”, disse Itamar. A CUT se colocou a disposição do sindicato para ajudar na mobilização dos servidores.
 
Entre as principais reivindicações do SINJUR está a proposta de efetivação do aumento do auxílio-alimentação até Abril/2007 e o reajuste salarial. Em recente assembléia, a categoria deliberou por solicitar informações sobre a ação de Adicional de Isonomia e aprovou autorização para ajuizar ação judicial visando o retorno do pagamento do adicional por tempo de serviço.

Fonte:  CUT-RO

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 24 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Vereador Fogaça reúne assessores e lideranças para balanço de mandato e anuncia pré-candidatura à reeleição

Vereador Fogaça reúne assessores e lideranças para balanço de mandato e anuncia pré-candidatura à reeleição

O vereador Everaldo Fogaça (PSD) realizou uma reunião com assessores e lideranças aliadas para fazer um balanço de seu mandato, apresentar sua pré-c

Affonso Cândido refuta rivalidades e batalhas políticas

Affonso Cândido refuta rivalidades e batalhas políticas

O deputado estadual Affonso Cândido (PL), aposta do ex-presidente da República Jair Bolsonaro, em Ji-Paraná, afirmou que ele é o candidato da conver

Nota Oficial do Partido Social Democrático (PSD)

Nota Oficial do Partido Social Democrático (PSD)

O Partido Social Democrático (PSD) vem por meio desta comunicar que está alinhado com a pré-candidatura de Mariana Carvalho pela legenda UNIÃO BRASI

Assembleia Legislativa aprova R$ 20 milhões para Instituto de Previdência

Assembleia Legislativa aprova R$ 20 milhões para Instituto de Previdência

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou o Projeto de Lei 526/2024, de autoria do Poder Executivo, que destina mais de R$ 20 milhões par

Gente de Opinião Quarta-feira, 24 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)