Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Cremero debate ato médico em audiência pública no DF


A classe médica de Rondônia está sendo representada em Brasília pelo presidente
do Conselho Regional de Medicina, médico Aníbal Cavalcante,  que participa
nesta quarta-feira, na Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal, da
segunda audiência pública que tratará do Projeto de Lei 25/2002, que trata
do Ato Médico. Além de Aníbal Cavalcante também estarão presentes o conselheiro
estadual Almerindo Brasil e o conselheiro federal José Hiran Gallo.

A audiência será transmitida em forma de teleconferência para todas as Assembléias
Legislativas do país, inclusive com direito a sugestões, que deverão ser
encaminhadas à senadora Lúcia Vânia, relatora do projeto.

Na quinta-feira, Aníbal Cavalcante participa também de uma reunião de presidente
dos Conselhos Regionais das regiões Norte e Centro Oeste, com o presidente
do Conselho Federal de Medicina, Edson Andrade.

Fonte:  Cremero

Mais Sobre Política

Rondônia: Cursos da Escola do Legislativo reiniciam em fevereiro

Rondônia: Cursos da Escola do Legislativo reiniciam em fevereiro

Escola está de mudança para a nova sede, mais ampla e funcional que a atualA Escola do Legislativo deve iniciar o ano letivo na segunda quinzena de

QUANDO AS MULHERES ERAM OBEDIENTES

QUANDO AS MULHERES ERAM OBEDIENTES

No meio de tudo isto, verifico que a injustiça, geralmente, caminha à frente da justiça.

Rondônia continua em destaque no CFA

Rondônia continua em destaque no CFA

Rondônia continua fortalecido no âmbito da administração em Brasília. Mesmo com a mudança na presidência, o Estado continua representado na estrutur

Governo de Rondônia divulga calendário com feriados e ponto facultativo de 2019; Confira as datas em que não haverá expediente

Governo de Rondônia divulga calendário com feriados e ponto facultativo de 2019; Confira as datas em que não haverá expediente

O governador Coronel Marcos Rocha, por meio do decreto nº 23.522 de 14 de  janeiro de 2019, estabelece o calendário de datas em que não haverá expedie