Porto Velho (RO) sexta-feira, 23 de julho de 2021
×
Gente de Opinião

Política

CPI vai indiciar os envolvidos na compra do dossiê, diz Jungmann


Bernardo de la Peña - Agência O Globo BRASÍLIA - Depois de uma série de reuniões que se estenderam até a madrugada desta quinta-feira, o relator da CPI dos Sanguessugas, senador Amir Lando (PMDB-RO), comprometeu-se a incluir no relatório os pedidos de indiciamento, por formação de quadrilha e abuso de poder econômico, dos seis envolvidos na tentativa de compra do dossiê da família Vedoin contra políticos tucanos. Segundo o vice-presidente da CPI, deputado Raul Jungmann (PPS-PE), ficou acertado que Lando pedirá o indiciamento por estes crimes de Gedimar Passos, Valdebran Padilha, Hamilton Lacerda, Jorge Lorenzetti, Oswaldo Bargas e Expedito Veloso. Além deles, a CPI acertou ainda pedir o indiciamento, por ter se envolvido no episódio, do empresário Abel Pereira, também acusado de negociar a liberação de verbas na gestão do tucano Barjas Negri no Ministério da Saúde. Até ontem, Lando resistia a especificar no relatório qual teria sido a origem do R$ 1,7 milhão que seria usado para compra dos papéis que supostamente comprometeriam tucanos com o esquema dos sanguessugas. Mas, segundo Jungmann, o relatório da CPI vai dizer que, embora não tenha como se comprovar materialmente a origem do dinheiro, todos os indícios apontam para as campanhas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do senador Aloizio Mercadante (PT-SP) ao governo de São Paulo como fontes e beneficiárias do dinheiro apreendido pela Polícia Federal com Gedimar e Valdebran em um hotel de São Paulo. Além de Jungmann, participaram das reuniões com o relator até a madrugada o deputado Fernando Gabeira (PV-RJ), sub-relator responsável por investigar o episódio do dossiê, e a senadora Heloísa Helena (PSOL-AL). Segundo Jungmann, o texto original de Lando não tipificava o crime cometido pelos envolvidos, dizia apenas que no episódio a CPI havia verificado que havia ocorrido crime eleitoral. O relatório final da CPI, que será apresentado nesta quinta-feira, deve trazer também uma lista com os nomes de todos os funcionários da Câmara envolvidos no esquema de venda superfaturada de ambulâncias e uma lista de 61 prefeituras que teriam comprado irregularmante ambulâncias da Planam, empresa da família Vedoin.

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano anuncia convênio de R$ 1 milhão para recuperação de estradas em Vale do Anari

Presidente Alex Redano anuncia convênio de R$ 1 milhão para recuperação de estradas em Vale do Anari

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), anunciou que o Governo celebrou o convênio de R$ 1 milhão com a prefeitura de Va

Deputada Mariana Carvalho é homenageada pela Aeronáutica

Deputada Mariana Carvalho é homenageada pela Aeronáutica

A Deputada Federal Mariana Carvalho recebeu da Aeronáutica a medalha Mérito Santos Dumont, pelos serviços prestados à corporação. A cerimônia de imp

Atendendo pedido do deputado Anderson, governo inicia fiscalização do cumprimento dos requisitos do programa Minha Casa Minha Vida

Atendendo pedido do deputado Anderson, governo inicia fiscalização do cumprimento dos requisitos do programa Minha Casa Minha Vida

Atendendo uma solicitação feita pelo deputado estadual Anderson Pereira (PROS), o Governo do Estado de Rondônia, por meio da Secretaria Estadual de