Domingo, 16 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

CPI do leite será instalada na próima semana



 
Os nomes dos parlamentares que vão integrar a Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar indícios de irregularidades na comercialização do leite em Rondônia serão definidos na próxima semana na Assembléia Legislativa. A informação é do deputado estadual Jesualdo Pires (PSB).

Jesualdo Pires justificou que o pedido de instalação da CPI foi solicitado no mês passado, mas em decorrência do processo eleitoral os integrantes da comissão não foram indicados. "Mas com a retomada dos trabalhos na próxima terça-feira, será possível definir os integrantes da comissão", disse o parlamentar, destacando que não se tratar de uma perseguição, e sim esclarecimentos de vários fatos.
Em recente entrevista também na Rádio Rondônia, os deputados Ribamar Araújo (PT) e Luiz Cláudio (PTN), presidente e vice-presidente da Comissão de Atividades Agropecuárias e Pesqueira e de Política Agrária e de Abastecimento, falaram sobre a crise do leite que está ocorrendo em Rondônia, que é um estado eminentemente agrícola.

Ribamar Araújo lembrou que durante a paralisação deflagrada pelos produtores de leite no mês passado, foram esgotados todos os canais de negociação e a greve foi à última tentativa para solucionar o problema. "O que importa para nós da Comissão de Agricultura e também como produtor de leite que sou - apesar da realidade de Porto Velho ser um pouco diferente - o que importa para nós é solucionar o problema. São 30 mil produtores de leite que dependem deste leite. A crise está atingindo toda a cadeia produtiva", comentou.

Luiz Cláudio informou que há dois meses em Rondônia houve o melhor preço do leite na história de Rondônia, chegando a R$ 0,75, em função de competitividade de indústrias de leite em pó e leite condensado – o que é uma política correta, que inclusive defendi quando fui secretário de Estado -  mas ainda não é suficiente para atender a demanda de leite que produzimos no estado.

"Ainda 80% do leite são para fazer queijo, o que não agrega valor para o estado, porque não consegue competir com estados como São Paulo, Paraná e Minas Gerais. Somos o 8° produtor do país e se perde muito tempo com a distância. Hoje, em função da competitividade está R$ 0,50 o litro do leite. A seca reduz a produção de leite. Os laticínios estavam brigando por leite. Agora com essa redução de preço e o estoque alto que estão tendo, as indústrias reduziram o preço. O leite ainda em balde está na faixa R$ 0,37 a R$ 0,40, dependendo da região. Por isso defendemos a generalização do leite. Na Assembléia Legislativa foi liberado pelos deputados dois milhões de reais para compra de tanques de resfriamento e tem linhas de crédito para o produtor", explicou.

Fonte: Liliane Oliveira/Decom

Gente de OpiniãoDomingo, 16 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Deputado Alex Redano anuncia recursos de R$ 16 milhões para asfalto em Ariquemes

Deputado Alex Redano anuncia recursos de R$ 16 milhões para asfalto em Ariquemes

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) anunciou nesta quinta-feira (13), a o destino de R$ 16 milhões para massa asfáltica em que serão exec

Deputada Ieda Chaves solicita policiamento ostensivo e novos totens de segurança no Morar Melhor

Deputada Ieda Chaves solicita policiamento ostensivo e novos totens de segurança no Morar Melhor

Preocupada com o bem-estar e segurança da população, a deputada estadual Ieda Chaves (União Brasil), solicitou do Governo de Rondônia, através dos R

Deputados aprovam revisão anual dos servidores da Assembleia Legislativa

Deputados aprovam revisão anual dos servidores da Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou o Projeto de Lei Complementar 77/2024, de autoria da Mesa Diretora, que concede revisão anual

Projeto que institui o Dia Estadual pelo Fim do Feminicídio é aprovado pela Assembleia

Projeto que institui o Dia Estadual pelo Fim do Feminicídio é aprovado pela Assembleia

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou o Projeto de Lei 111/2023, que institui no calendário estadual o dia 25 de março, como o Dia E

Gente de Opinião Domingo, 16 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)