Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política

Coral da São Lucas destaca habilidades terapêuticas e estéticas


No horário das 17h30 às 19h, o Coral da Faculdade São Lucas realiza ensaios no Campus da Instituição.  "Já começamos a fechar o repertório, mas as inscrições continuam abertas", disse a regente do coral, Raquel Lyrio. A primeira apresentação do coral foi uma Cantata de Natal no auditório da Faculdade, tendo as atividades sido iniciadas em outubro de 2006. Para este ano, acadêmicos de diversos cursos já se inscreveram. Sobre as funções do coral, a fonoaudióloga Elisângela Hermes, coordenadora da Clínica de Fonoaudiologia e também integrante, observa que dentre as propostas estão "vencer o medo do público com a desinibição, promover o bem estar emocional e a sociabilização entre os integrantes com uma atividade de incentivo à cultura".

Os ensaios são realizados duas vezes por semana (terças e sextas), na Clínica de Fonoaudiologia, com exercícios vocais, de relaxamento, respiração, aquecimento e que estimulam cuidados com a voz. Desenvolver a percepção, aprimorar a qualidade vocal e trabalhar os ritmos com noções de canto são algumas das habilidades desenvolvidas. A regente, Raquel Lyrio é formada pela UFG com licenciatura em Educação Musical e habilitação em Canto. Ela explicou que o trabalho tem finalidade terapêutica, que permite a descontração dos integrantes; e estética, para obter a qualidade vocal a fim de despertar a apreciação dos ouvintes. "Após um dia de trabalho e estresse acumulados, nada melhor do que extravasar as emoções com o canto", disse.

Segundo Raquel Lyrio, o repertório é escolhido entre músicas brasileiras, de MPB, Bossa Nova e erudita. "Cantar o hino de Rondônia e entre outros é primordial para um coral, quando este geralmente se apresenta em solenidades e em comemoração a datas especiais", explica. A próxima apresentação está prevista para o Dia das Mães. Acadêmicos e funcionários da Faculdade São Lucas podem integrar o Coral. As inscrições são gratuitas e todo o material utilizado é doado pela faculdade. Para ser um integrante, segundo a regente, basta ter um bom aparelho fonatório, o que significa não ter disfonias, ou seja, alterações na qualidade da voz que devem receber os devidos tratamentos. Os interessados devem procurar a Clínica de Fonoaudiologia ou ligar para 3211-8037.

Fonte: Crisbele Sena
 
 

Mais Sobre Política

Prefeitura cria linha especial de ônibus para atender público da Portoagro

Prefeitura cria linha especial de ônibus para atender público da Portoagro

Objetivo é facilitar o acesso das pessoas que não dispõem de transporte próprio para chegar ao evento

MP-RO  adere ao Programa Mulher Viver sem Violência

MP-RO adere ao Programa Mulher Viver sem Violência

O Ministério Público de Rondônia formalizou, nesta sexta-feira (16/08), a adesão ao Programa Mulher Viver sem Violência, desenvolvido pelo Governo Fed

Sinjor abre nesta segunda-feira quinzena de filiação e regularização

Sinjor abre nesta segunda-feira quinzena de filiação e regularização

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Rondônia (Sinjor) abre nesta segunda-feira, 20 de agosto, sua quinzena de recebimento de manife

TJ/RO acata por unanimidade denúncia contra deputado estadual

TJ/RO acata por unanimidade denúncia contra deputado estadual

Por unanimidade, os desembargadores das Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça de Rondônia receberam nesta sexta-feira (17), queixa-crime c