Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Comissão de Fiscalização e Controle recebe denúncias contra adjunta do Detran, reforma de escolas e Residencial Morar melhor

Requerimentos foram aprovados e serão encaminhados aos responsáveis para esclarecimentos


Comissão de Fiscalização e Controle recebe denúncias contra adjunta do Detran, reforma de escolas e Residencial Morar melhor - Gente de Opinião

A Comissão de Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa de Rondônia, se reuniu, de forma ordinária, no plenarinho 2 da Casa de Leis para deliberar sobre denúncias recebidas que envolvem obras inacabadas em escolas públicas, Residencial Morar Melhor em Ji-Paraná, e Secretária Adjunta do Detran. 

A Comissão foi presidida pelo deputado Jhony Paixão (PRB) com a participação dos membros efetivos Dr. Neidson (PMN) e Alex Silva (PRB) para aprovação de vários requerimentos, entre eles o que solicita explicações do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) sobre denúncias apresentadas ao Ministério Público (MP) contra a atuação da diretora adjunta do órgão Benedita Aparecida. 

Segundo o documento recebido pela comissão, a diretora seria uma das proprietárias de uma empresa que presta serviços para o Detran, o filho dela seria credenciado a prestar serviços, além de agir com intimidação contra servidores do órgão. O requerimento aprovado pelos membros da Comissão pede ao Ministério Público informações sobre essa denúncia e que o Detran também se pronuncie sobre o problema. 

Outra denúncia recebida, envolve a Secretaria de Assistência Social (SEAS) sobre obras já concluídas do Residencial Morar Melhor em Ji-Paraná. Segundo os parlamentares, mais de 700 apartamentos já estão prontos, porém não foram entregues aos devidos moradores. “Temos aí um grande risco de invasão dessas unidades, o que provocaria um outro grande problema aos responsáveis”, afirmou Jhony. Os deputados aprovaram convite para que a SEAS juntamente com representantes do Banco do Brasil, esteja na Assembleia Legislativa para falar sobre essa demora na entrega das unidades habitacionais. 

O deputado Neidson sugeriu que seja feita uma ação conjunta das Comissões de Habitação e Fiscalização e Controle, pois a secretária da SEAS e o Banco do Brasil, já foram convidados para tratar sobre o Residencial Cristal da Calama, em Porto Velho. “O deputado Jair Montes (PTC) já oficializou convite, via comissão, para que os responsáveis por esses grandes empreendimentos prestem esclarecimentos sobre prazos, sorteios, e entrega dessas moradias”, anunciou o parlamentar. 

Já na área da Educação, o deputado Jhony leu denúncia sobre a paralisação de obras de reforma e ampliação da escola pública Anísio Teixeira, em Porto Velho. Segundo o documento, a escola teve obras iniciadas em gestões passadas, e existe a destinação de quase R$ 11 milhões em recursos para as melhorias na unidade. “Estive pessoalmente com minha equipe no local, e o que vimos foi muito triste, usuários de drogas, matagal e um total abandono”, frisou. A Comissão solicitou, via requerimento, a Secretaria de Educação (Seduc), informações sobre o andamento da obra, qual empresa está responsável e cópia do contrato. 

Outro requerimento aprovado pelos deputados estaduais envolve denúncia sobre as obras do Hospital Heuro de Guajará-Mirim. Segundo o documento, existem recursos liberados de mais de R$ 11 milhões destinados para as obras, porém há mais de seis meses estão paralisadas. Dr. Neidson afirmou que destinou no fim de 2018, R$ 900 mil de emenda, para conclusão da obra em fevereiro deste ano, mas até o momento nada. 

Além disso, relatou que a empresa quer cobrar pela manutenção de aparelhos que ainda não foram entregues ao Estado. “Situação crítica e que precisa ser resolvida. Já foi assinado acordo judicial com data para o término da obra, mas não foi cumprido. Penso que o Poder Executivo deveria judicializar a empresa e exigir a entrega do hospital”, concluiu. 

O documento encaminhado a empresa e também a Caixa Econômica Federal pede informações sobre a existência de medição para a conclusão dos serviços, o motivo da paralisação das obras, e o prazo para a entrega da unidade a população. 

Todos os requerimentos foram aprovados e serão encaminhados aos responsáveis para esclarecimentos.

Mais Sobre Política

Biometria obrigatória encerrará no mês de setembro, em oito municípios de Rondônia

Biometria obrigatória encerrará no mês de setembro, em oito municípios de Rondônia

A Justiça Eleitoral em Rondônia encerrará, no mês de setembro de 2019, a última fase do processo de revisão biométrica do eleitorado do estado, com co

Cristiane Lopes fiscaliza demandas de Extrema e União Bandeirantes

Cristiane Lopes fiscaliza demandas de Extrema e União Bandeirantes

A vereadora Cristiane Lopes (PP) esteve nos Distritos de União Bandeirantes e Extrema para realizar o levantamento das demandas dos moradores das comu

Rondônia é o primeiro estado do Brasil a implementar Programa Criança Protegida

Rondônia é o primeiro estado do Brasil a implementar Programa Criança Protegida

Em busca de efetivar políticas públicas que, de fato, beneficiem a sociedade rondoniense, o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, e a primeira

Assembleia Legislativa aprova lei que garante o piso nacional aos professores da rede estadual

Assembleia Legislativa aprova lei que garante o piso nacional aos professores da rede estadual

Em duas votações, a Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade, na sessão desta terça-feira (10), o Projeto de Lei Complementar 31/19, de autor