Domingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Colégio Recursal de P.Velho vai realizar Julgamento Virtual


Neste mês de setembro 2006 o Colégio Recursal da Comarca de Porto Velho vai realizar, pela primeira vez, o Julgamento Virtual, mais uma inovação tecnológica desenvolvida por analistas do Tribunal de Justiça de Rondônia, com a supervisão do Juiz Alexandre Miguel, auxiliar da Presidência do TJ rondoniense.

O Julgamento Virtual é um projeto piloto que vai permitir aos magistrados julgarem processos diretamente de seu gabinete, ou seja, sem a necessidade de estarem presentes na mesma sala ou sessão de julgamentos.

Magistrados e assessores do Colégio Recursal da Comarca de Porto Velho participaram de treinamento preparatório para conhecer a ferramenta, Sistema de Julgamento Virtual, no início deste mês de setembro, no Núcleo Administrativo do Tribunal de Justiça. O treinamento foi ministrado pela analista de sistemas Ariane Dias de Almeida, da Coordenadoria de Informática do Tribunal de Justiça, uma das responsáveis pelo desenvolvimento do projeto.

O novo sistema de julgamento virtual, entre outras vantagens vai possibilitar aos magistrados contar com o auxílio de seus assessores utilizando a internet, além de proporcionar um melhor aproveitamento do tempo das sessões e aumento na estatística de julgamentos processuais.

Depois do Colégio Recursal de Porto Velho, o sistema de Julgamento Virtual vai ser implantado na Comarca de Ji-Paraná, de terceira entrância, e em seguida no Tribunal de Justiça. A data de implantação  ainda vai ser definida.

O Desembargador Marcos Alaor Diniz Grangeia foi o idealizador do Projeto Julgamento Virtual. O desenvolvimento do projeto coube aos analistas de sistemas Alex Fabian e Ariane Dias de Almeida, do quadro da Coordenaria de Informática do Tribunal de Justiça de Rondônia.

Prêmio

O Tribunal de Justiça de Rondônia está concorrendo, com o Projeto Julgamento Virtual, ao "Prêmio Innovare", iniciativa e realização do Ministério da Justiça, por meio da Secretaria de Reforma do Judiciário, da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getúlio Vargas e da Associação dos Magistrados Brasileiros – AMB.

O Prêmio Innovare tem por objetivo identificar, escolher e difundir práticas pioneiras e bem sucedidas de gestão do Poder Judiciário brasileiro que contribuam para a modernização, melhoria da qualidade e eficiência dos serviços da Justiça.

Fonte:TJ/RO

Gente de OpiniãoDomingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Veja a análise do cenário político para as eleições de 2024 em Porto Velho, confira os nomes

Veja a análise do cenário político para as eleições de 2024 em Porto Velho, confira os nomes

À medida que as eleições municipais se aproximam em Porto Velho, a atenção se volta para os pré-candidatos que buscam se destacar nos diversos aspec

MPF emite parecer pela manutenção do mandato do Governador Marco Rocha

MPF emite parecer pela manutenção do mandato do Governador Marco Rocha

O MPF com atuação no TSE emitiu parecer em dois recursos propostos em face da decisão do TRE que julgou improcedente as ações que visavam cassar o m

Movimento liderado pela deputada Cristiane Lopes e a Sociedade Civil Organizada busca redução das passagens aéreas em Rondônia

Movimento liderado pela deputada Cristiane Lopes e a Sociedade Civil Organizada busca redução das passagens aéreas em Rondônia

Na última terça-feira (09), a deputada federal Cristiane Lopes (União Brasil) e a Comissão Céus Abertos, composta por entidades da sociedade civil o

Mudanças partidárias: confira a nova composição da Alero

Mudanças partidárias: confira a nova composição da Alero

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) comunica a mudança de filiação partidária de três deputados estaduais que integram a 11ª Legislatura. O

Gente de Opinião Domingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)