Quinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Ciclo de palestras do Sintero traz Vito Giannotti a Porto Velho



O 3º Ciclo de Palestras promovido pelo Sintero como parte do programa de formação sindical da entidade terá como próximo palestrante o escritor e jornalista Vito Giannotti, um dos maiores estrategistas da comunicação sindical do país.

Além de ministrar um dos módulos do curso de formação para dirigentes e delegados de base do Sintero, que ocorrerá nos dias 09 e 10/08, Giannotti fará uma palestra aberta aos trabalhadores em educação e convidados no dia 08 de agosto, no auditório da Sede Social do Sintero, localizado no Bairro Lagoa, em Porto Velho.

Vito Giannotti é coordenador do Núcleo Piratininga de Comunicação, com sede no Rio de Janeiro, ONG responsável pelo suporte de comunicação de diversas entidades e organismos nacionais e internacionais.

Naturalizado brasileiro, Giannotti nasceu na Itália. Foi marítimo, pescador e metalúrgico por 25 anos em São Paulo. Foi militante do movimento sindical, lutou contra o regime militar no Brasil e por isso foi perseguido politicamente e preso várias vezes por suas convicções políticas. Ainda no movimento sindical, envolveu-se com a área de comunicação popular e especializou-se em comunicação sindical.

Vito Giannotti foi responsável pela edição de vários jornais, entre eles: Luta Operária, Luta Metalúrgica e Luta Sindical. É autor de vários livros, alguns clássicos na escola de comunicação, como: “Muralhas da Linguagem”, “História das Lutas dos Trabalhadores no Brasil”, “Cem Anos de Luta Operária”, “CUT Ontem e Hoje”, “Força Sindical-A Central Neoliberal”, e “Comunicação Sindical”.

Sempre preocupado em acrescentar informações entre os trabalhadores, principalmente entre as categorias que não possuem alto nível de escolaridade, Giannotti explora em algumas de suas obras, mas, com maior intensidade em suas palestras, técnicas que facilitam a comunicação através de linguagem simples e direta. Nessa linha de pensamento escreveu vários livros que tratam do que denomina “as pragas da comunicação”, que são o “politiquês”, o “juridiquês”, o “economês”, o “sindicalês” e o “operariês”.


Fonte: Adércio Dias

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Deputado Alex Redano busca junto ao DER recurso para Guajará-Mirim

Deputado Alex Redano busca junto ao DER recurso para Guajará-Mirim

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) recebeu no último dia 12 de junho (quarta-feira) uma demanda para solucionar a drenagem pluvial na a

Deputada Federal Cristiane Lopes anuncia investimentos em Visitas a Vilhena, Espigão D'Oeste e Cacoal

Deputada Federal Cristiane Lopes anuncia investimentos em Visitas a Vilhena, Espigão D'Oeste e Cacoal

Cumprindo uma intensa agenda pelo interior de Rondônia, a deputada federal Cristiane Lopes (União Brasil) visitou na última semana os municípios de

Assembleia Legislativa assegura apoio a 3ª Feira Científica, em Rolim de Moura

Assembleia Legislativa assegura apoio a 3ª Feira Científica, em Rolim de Moura

A cidade de Rolim de Moura receberá nos dias 8 e 9 de agosto a 3ª Feira Científica. O fórum, organizado pelo Instituto Mocam - Movimento Científico

Presidente Laerte Gomes destaca sucesso do 1º Fórum do Parlamento Amazônico em Brasília

Presidente Laerte Gomes destaca sucesso do 1º Fórum do Parlamento Amazônico em Brasília

Sob a presidência do deputado estadual Laerte Gomes (PSD), o Parlamento Amazônico se reuniu na tarde da última terça-feira (19), na Câmara dos Deput

Gente de Opinião Quinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)