Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

CATRACAS: SITETUPERON denuncia manobra das empresas


Em reunião nesta quinta-feira (17/01), com o Secretário Municipal de Transporte, Cláudio Carvalho; o Presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Hermínio Coelho; presidente do Sindicato dos motoristas e cobradores de Ônibus (SITETUPERON), José Ribamar, o Catatau, e do Presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Itamar Ferreira, foi debatido o problema do atraso das empresas de ônibus em cumprir a Lei 1.756, que determina a mudança das catracas para parte traseira dos ônibus.

O SITETUPERON não aceita as alegações das Empresas de ônibus, enviadas ao Secretário, através de oficio dotado de 20/12/2007, mas protocolado apenas no dia 14/01/2008, na qual apresentam um relatório com supostas justificativas técnicas para o atraso e solicitam mais 120 dias de prazo para implementar a mudança das catracas. O Sindicato discorda, também, da decisão da Secretária Municipal (SEMTRAN), que concedeu novo prazo, de 30 dias para inicio de mudança, inclusive porque não foi estabelecido um prazo para conclusão. Diante do questionamento do SITETUPERON, o Secretario informou que emitirá um novo documento estabelecendo um limite de 90 dias para conclusão das mudanças.

Durante a reunião, o SITETUPERON protocolou com o Secretario o oficio denunciando as sucessivas manobras das empresas para adiar o cumprimento da lei; bem como, apresentando questionamentos sobre supostas dificuldades técnicas para efetivar a mudança. O documento do Sindicato relata que a Lei 1.756 foi aprovada no dia 16/10/2007; portanto, as empresas já deveriam estar encaminhando as providências iniciais necessárias há mais de três meses.

O Sindicato considera desqualificadas as justificativas técnicas apresentadas, de que seriam necessários novos cabos para os equipamentos, já que estes serão mudados de lugar conjuntamente, necessitando aumentar apenas o cabo de alimentação da bateria; outra alegação, de que seria preciso mudar o programa do sistema, software, é desacreditada, já que tanto os equipamentos, quantos os cartões de integração permanecerão os mesmos. Outras duas justificativas consideradas absurdas pelos sindicalistas são as de que seria necessário um prazo para treinamento de pessoal, já que o serviço será igual ao da primeira instalação; e sobre a mudança de giro das catracas, que depende apenas de um dispositivo interno do equipamento.

O Sindicato considera inaceitável a postura das empresas e discorda que seja necessário um novo prazo. A entidade estará encaminhando denúncia ao Ministério Público, demonstrando o que considera sucessivas manobras das empresas, que se recusam a fazer a mudança das catracas; pois isto impediria, segundo os sindicalistas, o verdadeiro objetivo, que é a demissão em massa dos cobradores, que seriam substituídos pela catraca eletrônica, instalada na dianteira dos veículos. O presidente do SITETUPERON, Catatau, informou que “nos próximos dias iremos realizar uma assembléia da categoria para definir um calendário de mobilização”.

Fonte: Marcos Paulo

Mais Sobre Política

Comissão de Educação da ALE discute tabela do piso do magistério com secretário da Seduc

Comissão de Educação da ALE discute tabela do piso do magistério com secretário da Seduc

A Comissão de Educação e Cultura (CEC), da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (23), para deliberar projetos e também disc

Polícia Federal deflagrou a Operação Grand Bazaar, que  investiga fraude em fundos de pensão

Polícia Federal deflagrou a Operação Grand Bazaar, que investiga fraude em fundos de pensão

Por determinação do Supremo Tribunal Federal, a Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (21) a Operação Grand Bazaar, visando desarticular um “esquema cri

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Após a vereadora Cristiane Lopes (PP) ir até o Ministério Público Estadual (MP/RO), para relatar os problemas das obras de pavimentação dos bairros Fl

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mais de 1700 parlamentares e parceiros da ONU e da sociedade civil de todo o mundo estão reunidos em Belgrado, na Sérvia, onde acontece a 141ª Assembl