Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Política

Caso dos consignados: Deboche do secretário da Casa Civil é para fugir de responsabilidades


“O Governo se enrola em seus próprios atos, quer fugir de responsabilidades e ainda tenta envolver outros poderes, na bagunça administrativa criada através da mensagem 331 encaminhada à Assembleia Legislativa, no último dia 02 de dezembro de 2013”. A declaração é do presidente da ALE, deputado Hermínio Coelho (PSD) ao condenar a manobra que vem sendo utilizada pelo Governo Estadual para não repassar em prazo hábil o repasse mensal relativo às consignações.

O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho, rechaçou hoje, as declarações em tom de deboche do chefe da Casa Civil do Governo Estadual, Marco Antônio Faria, que vem tentando repassar responsabilidades do retardamento do repasse, culpando de forma irresponsável o Poder Legislativo.

Explicou o presidente da ALE, deputado Hermínio Coelho, que o Governo encaminhou projeto de lei, alterando a Lei Complementar 622 de 22 de junho de 2011, que estabelece normas para consignações em folha de pagamento dos servidores públicos ativos, inativos, pensionistas e empregados públicos, da administração direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo do Estado de Rondônia. “A lei foi posteriormente aprovada fixando que as consignações serão repassadas aos consignatários até o décimo quinto dia do mês subseqüente”, declarou ele.

Segundo entendimento do deputado Hermínio Coelho, a lei estabeleceu prazo máximo de quinze dias, no sentido de atender situações emergenciais de caixa, e não que o prazo de quinze dias, seja determinante, ou seja, apenas nesta data efetivar o repasse. “Acontece que o Governo em mais uma manobra, desrespeita seus próprios apoiadores na Assembleia, encaminhando normas com uma defesa, para depois ser usada de forma contrária. Na verdade, o Governo está uma bagunça e por falta de caixa se utilizou de mais esta manobra, penalizando principalmente os sindicatos”, concluiu o deputado Hermínio Coelho.

Ao final, o deputado manifestou total apoio ao posicionamento adotado pelo Sindsaude, Assfapom, Aspra, CUT, Astir, Sinfeperon, Sinderon e Sinjur, que repugnam pela regularização dos processos ora retidos dos sindicatos e associações, como também a normalização dos repasses das consignações até o quinto dia útil do mês seguinte. “Logo ao retorno das atividades da Assembleia pretendo apresentar propositura retirando do cumprimento de quinze dias para repasse das consignações, as entidades ligadas aos servidores públicos”, finalizou o presidente da ALE.

Fonte: Paulo Ayres
 

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano entrega homenagens a personalidades civis e militares

Presidente Alex Redano entrega homenagens a personalidades civis e militares

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), comandou na tarde desta quarta-feira (18), no Plenário da Casa de Leis, Sessão S

Cafeicultura rondoniense é destaque no desenvolvimento do estado com geração de emprego e renda, afirmou Cirone Deiró

Cafeicultura rondoniense é destaque no desenvolvimento do estado com geração de emprego e renda, afirmou Cirone Deiró

“A comercialização da saca do café robusta beneficiado está em R$ 700 reais com uma produção estimada para a safra de 2022, de 2,49 milhões de sacas

Lideranças do cooperativismo lançam pré-candidatura de Salatiel Rodrigues a deputado federal

Lideranças do cooperativismo lançam pré-candidatura de Salatiel Rodrigues a deputado federal

Durante a Assembleia Geral Ordinária da OCB (AGO) que aconteceu no último dia 29, em Porto Velho, lideranças do cooperativismo do estado lançaram a

Vereador Fogaça indica compra de cinco ambulâncias para distritos de Porto Velho

Vereador Fogaça indica compra de cinco ambulâncias para distritos de Porto Velho

O vereador Everaldo Fogaça (Podemos) disse nesta terça-feira 17.05 que indicou à Prefeitura a compra de cinco ambulâncias para atendimento aos distrit