Porto Velho (RO) sábado, 5 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política

Casa de Apoio inaugurada por Roberto Kuppê


Casa de Apoio inaugurada por Roberto Kuppê em Brasília começa a receber pessoas carentes a partir da próxima semana

A partir da próxima segunda-feira a Casa de Apoio mantida pelo Instituto Matheus Moraes (IMM), presidido pelo jornalista Roberto Kuppê, na Avenida W Sul, em Brasília, começa a receber as primeiras pessoas carentes de Rondônia que chegam à capital da República para tratamento de saúde. A Casa de Apoio foi inaugurada hoje (21) pelo jornalista Kuppê, numa cerimônia simples, que contou com a presença da mãe do milionário da Mega Sena (concurso 888), Petronina Paiva da Silva, irmãos, sobrinhos, primos, amigos, diretores do IMM e jornalistas rondonienses.

A Casa de Apoio atenderá – exclusivamente – pessoas de Rondônia que não possuem condições financeiras de pagar hospedagem e alimentação. A casa terá capacidade para hospedar até 40 pessoas por dia, inclusive com quartos e banheiros adaptados para cadeirantes. Segundo a presidente de Honra do IMM, Maria Luzia Paiva da Silva, "os hóspedes terão café da manhã, almoço e uma breve refeição como janta (sopa)".

"A idéia de fundar  uma casa nesse modelo surgiu há muito anos, quando eu percebi que muitas pessoas que vinham para Brasília em busca de tratamento sentiam dificuldades em se manter na capital porque aqui tudo é caro e distante", disse Kuppê aos jornalistas, destacando que investiu cerca de "750 mil no projeto como pessoa física" e hoje mesmo fez a doação da casa para o IMM. Ele ressaltou que "a condição para se hospedar na casa é que a pessoa venha fazer algum tratamento ou como acompanhante, e que não tenha condições de arcar com as despesas com estadia em Brasília"

Antes da cerimônia de inauguração da Casa de Apoio, foi eleita a diretoria do IMM, com a seguinte composição: Presidente – jornalista Roberto Kuppê; Diretor Administrativo, Francisco Merles Ruiz; Diretor Jurídico, Dr. Carlos Alberto Lopes Miranda; Vice-presidente, Júlia Fátima de Carvalho Arcanjo; Diretor Financeiro, Marcelo Gladson, e Diretor-Técnico de Projetos, Jesus Duarte. A irmã de Kuppê, Maria Luzia Paiva da Silva, foi escolhida presidente de Honra do IMM. "Aqui não haverá nepotismo", afirmou Roberto Kuppê em entrevista coletiva após a inauguração da Casa de Apoio e exibição de um filme sobre o Instituto Matheus Moraes.

Após o descerramento da placa alusiva à inauguração da Casa de Apoio, foi exibido um vídeo institucional com destaque para os projetos sociais, que incluem ações nas áreas de educação, cultura, lazer, esporte, ecologia, entre outras.  Em vários momentos do evento, o jornalista Kuppê emocionou-se e chegou a chorar, a exemplo de irmãos e sobrinhos. "Ganhei muito dinheiro (cerca de R$ 19 milhões) e eu nunca tive desejo de ter tanto dinheiro assim. Esse dinheiro veio por acaso, eu não pedi. É um dinheiro que chegou sem que eu esperasse. Sempre achei que um R$ 1 milhão para mim era suficiente, mas veio tanto assim e eu resolvi realizar esse sonho. Aliás, esse é um projeto que há dez anos eu vinha pensando em concretizar, porque eu sempre tive essa visão de que se você ajuda as pessoas carentes - que precisam - essas pessoas mudam de vida e começam a crescer e, com isso, começa a diminuir a violência". Kuppê frisou que é contra a construção de cadeias e a favor da construção de escolas, além de menos hospitais.  "A pessoa que tem educação e trabalho, adoece menos e tem menos possibilidade de se tornar um marginal. São pessoas que têm um nível de vida melhor. Isso eu vou fazer em Rondônia", disse ele.

A inauguração da Casa de Apoio ocorreu em 21 de setembro porque foi nesse dia que nasceu Matheus Moraes. Se estivesse vivo, ele estaria completando 51 anos. Na sala da Casa de Apoio foi colocado um quadro com a foto de Matheus Moraes, ex-funcionário público estadual, que morreu num acidente de carro em Rondônia há cinco anos.

O jornalista Roberto Kuppê informou que em breve lançará em Porto Velho a pedra fundamental da construção do Instituto Matheus Moraes e, mais uma vez, descartou a possibilidade de se candidatar a qualquer cargo político nas próximas eleições.

As pessoas carentes interessadas em obter mais informações sobre hospedagem na Casa de Apoio em Brasília devem ligar para o telefone (61) 3264-9026. Será feita uma triagem antes da confirmação do nome da pessoa. "Não receberei indicação de políticos. Aqui não há politicagem", avisou Roberto Kuppê.

Fonte: Jornalista Lima Rodrigues

Mais Sobre Política

Vereadora Cristiane Lopes participa de discussão sobre o Plano Diretor Municipal em sessão remota.

Vereadora Cristiane Lopes participa de discussão sobre o Plano Diretor Municipal em sessão remota.

A vereadora Cristiane Lopes (Progressistas), participou, de Audiência Pública, realizada quarta- feira (02/12) de forma híbrida, com a mesa direto

Presidente Laerte Gomes confirma empenho de R$ 100 mil para atender Casa Família Rosetta

Presidente Laerte Gomes confirma empenho de R$ 100 mil para atender Casa Família Rosetta

Nesta semana, o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), confirmou o empenho de R$ 100 mil, destinados à Associação Casa Família Ros

Em sessão extraordinária, deputados aprovam R$ 45 milhões em recursos para o Fitha em Rondônia

Em sessão extraordinária, deputados aprovam R$ 45 milhões em recursos para o Fitha em Rondônia

Os deputados estaduais aprovaram em duas votações, durante sessão extraordinária na tarde desta quarta-feira (02), o Projeto Lei 865/20, de iniciati

Presidente municipal do Progressistas, Cristiane Lopes parabeniza candidatos do partido.

Presidente municipal do Progressistas, Cristiane Lopes parabeniza candidatos do partido.

À frente da Presidência Municipal do partido Progressistas em Porto Velho, a vereadora Cristiane Lopes, vem a público agradecer e parabenizar a todos