Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Política

Carlão de Oliveira agradece eleitores


O deputado estadual Carlão de Oliveira (PSL) agradeceu ontem aos 10.572 eleitores que depositaram nele a confiança de mais quatro anos de atuação parlamentar na Assembléia Legislativa. Apesar da expressiva votação e de etr sido o 10º candidato mais votado entre todos os concorrentes à Assembléia, Carlão ficou fora devido ao quociente eleitoral do seu partido ter sido baixo.

"Agradeço a manifestação de confiança em nosso nome e pelo reconhecimento de nosso trabalho como deputado estadual e presidente da Assembléia. Estou satisfeito com o resultado e quero agradecer a todos os que nos apoiaram nessa difícil caminhada que enfrentamos, não conseguimos a reeleição mas demos prova que temos o apoio do povo, apesar de todas as circunstâncias negativas que tivemos ao longo da campanha", declarou Carlão.

A divulgação dos votos dados ao deputado ocorreu somente na última terça-feira, devido a espera pelo trânsito em julgado do recurso ganho por Carlão junto ao TSE, na última sexta-feira, que assegurou a sua candidatura.

"Encaro o resultado de cabeça erguida e agradecido a todos os que trabalharam e que nos apoiaram e, principalmente, aos que votaram em nosso projeto político, numa prova de que temos trabalho realizado e o respaldo da população ao nosso nome", completou Carlão de Oliveira.

 

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Um dos setores mais afetados com a pandemia do coronavírus é o setor de eventos e entretenimento. Há mais de um ano parado, o segmento enfrenta inúm

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

O presidente da Câmara, João Paulo Pichek (Republicanos), disse que desde abril estava dialogando com o Sindicato dos servidores públicos de Cacoal