Porto Velho (RO) segunda-feira, 14 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Caravana está regressando do Peru


Depois de enfrentar sete dias de baixas temperaturas, estradas sinuosas, falta de oxigênio e hábitos alimentares completamente diferentes, os oito integrantes da caravana "Fronteiras do Progresso" já estão a caminho de casa. Eles partiram de Ilo, no litoral peruano, na manhã de sábado (29), e devem chegar à Porto Velho na tarde desta terça-feira de feriado municipal na capital.

"Foram sete dias de muito sofrimento, não conhecíamos a estrada e nem os hábitos dos peruanos, mas estávamos bem preparados e cumprimos a nossa missão", disse o capitão PM Seixas, comandante do grupo, por telefone, à reportagem na noite de sexta-feira, quando chegaram na cidade de Ilo, principal porto peruano no Oceano Pacífico.

"Fronteiras do Progresso" é o nome da caravana que o Governo do Estado está preparando para ir ao Peru e Chile no final deste mês de outubro. Liderada pelo governador Ivo Cassol e formada por técnicos do governo, empresários interessados em negociar com o mercado andino e exportar para a Ásia, além de seguranças, imprensa e pessoal de apoio (médico, enfermeiro e mecânicos), a caravana definitiva partirá no próximo dia 26 de outubro, com previsão de viajar por terra através dos Andes até o Oceano Pacífico. "Vamos buscar novas oportunidades de negócios com este grande mercado formado pelos países da comunidade andina, além de abrir portas para o mercado asiático. Existe demanda de alimentos, madeira e sub-produtos da floresta, e nós temos o que eles precisam, principalmente a carne e derivados animais", disse o governador Ivo Cassol ao saber do retorno dos precursores.

No grupo precursor que fez o reconhecimento antes da viagem oficial estão militares da Polícia Militar, o secretário de Turismo Manoel Serra, um tradutor e um cinegrafista-fotógrafo. Assim que chegarem será preparado um relatório completo, indicando os pontos de maior perigo, rotas alternativas, postos de abastecimento, hotéis, restaurantes e locais de apoio, para que não hajam imprevistos quando a caravana seguir viagem. Segundo o tenente-coronel Lessa, chefe do Gabinete Militar, este é um procedimento padrão para resguardar a segurança e a integridade da autoridade maior do estado, o governador Ivo Cassol, e seus acompanhantes.

A caravana está sendo organizada pelo Governo do Estado através da Secretaria de Agricultura, Produção e Desenvolvimento Econômico Social (Seapes) em parceria com entidades de classe e associações. Caso tenham interesse em participar da viagem, empresas e empresários poderão obter maiores informações através dos telefones 3216-5990 ou 3216-5976. A Seapes lembra que as despesas de deslocamento, hospedagem e alimentação correrão por conta dos interessados.

Fonte: Decom

Mais Sobre Política

Adelino Follador participa de audiência pública que discutiu a instalação do IFRO em Buritis

Adelino Follador participa de audiência pública que discutiu a instalação do IFRO em Buritis

O deputado Adelino Follador (DEM) participou de audiência pública, na manhã da última sexta-feira (11), na Escola Estadual Buriti, em Buritis, onde fo

Deputado Ismael Crispin propõe debate sobre pesquisa cientifica e seu impacto

Deputado Ismael Crispin propõe debate sobre pesquisa cientifica e seu impacto

O deputado estadual Ismael Crispin (PSB) apresentou indicação à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, e teve aprovada a realização de audiência p

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Na manhã desta terça-feira (8), a Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Adailton Fu

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

Em reunião extraordinária nesta quinta-feira (3), a CPI criada pela Assembleia Legislativa de Rondônia para investigar abusos praticados pela Empres